Porto Alegre, terça-feira, 11 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
terça-feira, 11 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 11/01/2022 às 15h54min.

MG notifica mineradoras com barragens em risco para apresentarem dados adicionais

Usina do Carioca na tarde de 10 de janeiro de 2022

Usina do Carioca na tarde de 10 de janeiro de 2022


Prefeitura de Pará de Minas/Divulgação/JC
O governo de Minas Gerais, em conjunto com o Ministério Público Federal e Estadual, solicitou a todas as mineradoras que operam barragens em situação de risco no Estado a apresentarem informações adicionais de segurança. No total, 31 unidades apresentam alguma situação de risco na região. As informações foram fornecidas pelo governador mineiro, Romeu Zema (Novo), em entrevista à CNN.
O governo de Minas Gerais, em conjunto com o Ministério Público Federal e Estadual, solicitou a todas as mineradoras que operam barragens em situação de risco no Estado a apresentarem informações adicionais de segurança. No total, 31 unidades apresentam alguma situação de risco na região. As informações foram fornecidas pelo governador mineiro, Romeu Zema (Novo), em entrevista à CNN.
"Notificamos essas mineradoras para que apresentem dados adicionais sobre a segurança dessas barragens para que essas estruturas sejam muito bem monitoradas e acompanhadas", disse Zema.
As empresas têm um prazo de 24 horas para responder ao questionamento.
O político afirmou ainda que o governo estadual tem monitorado constantemente a situação das barragens. Mas a força das chuvas nos últimos dias criou a necessidade de solicitar maiores informações. Para acompanhar o comportamento dessas estruturas, o poder estadual conta ainda com o apoio da Agência Nacional de Mineração (ANM), Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.
"Esperamos que com isso a gente tenha a condição de dar um acompanhamento adequado", complementou o governador.
Até o momento, cerca de 17 mil pessoas estão desalojadas em Minas Gerais em decorrência dos temporais. O Estado possui 145 cidades em situação de emergência.
As chuvas intensas obrigaram mineradoras a paralisarem a produção, por questões de segurança. Na segunda-feira, Vale, Usiminas, CSN e Vallourec - que teve no fim de semana a atividade parada pela Justiça, após o transbordamento de um dique de sua barragem -, reportaram impactos nas operações.
Agência Estado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário