Porto Alegre, sexta-feira, 15 de outubro de 2021.
Dia do Professor.
Porto Alegre,
sexta-feira, 15 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 15/10/2021 às 10h05min.

Temporais atingem o Norte e o Noroeste do Rio Grande do Sul

Granizo atingiu Eugênio de Castro e prefeitura pede doação de colchões, telhas e lonas

Granizo atingiu Eugênio de Castro e prefeitura pede doação de colchões, telhas e lonas


Prefeitura Municipal de Eugênio de Castro/Divulgação/JC
Cristine Pires
A frente fria que começou a avançar no Rio Grande do Sul no fim da tarde desta quinta-feira (14) atingiu de forma intensa as regiões Norte e Noroeste do Estado, onde houve relato de granizo em diversas cidades durante a madrugada de sexta (15). No município de Eugenio de Castro, 70 casas foram danificadas pelas pedras de gelo, deixando 32 pessoas desalojadas. “Precisamos de colchões para repor os que foram danificados pelo temporal e também de lonas e de telhas brasilit para consertar as residências que ficaram sem teto”, diz a secretária de Administração de Eugenio de Castro, Daiane Reis de Moura. Os donativos podem ser entregues na sede da prefeitura, na rua Manuel Fernandes, 75.
A frente fria que começou a avançar no Rio Grande do Sul no fim da tarde desta quinta-feira (14) atingiu de forma intensa as regiões Norte e Noroeste do Estado, onde houve relato de granizo em diversas cidades durante a madrugada de sexta (15). No município de Eugenio de Castro, 70 casas foram danificadas pelas pedras de gelo, deixando 32 pessoas desalojadas. “Precisamos de colchões para repor os que foram danificados pelo temporal e também de lonas e de telhas brasilit para consertar as residências que ficaram sem teto”, diz a secretária de Administração de Eugenio de Castro, Daiane Reis de Moura. Os donativos podem ser entregues na sede da prefeitura, na rua Manuel Fernandes, 75.
No momento, a prefeitura realiza a cobertura com lonas de forma emergencial, já que a chuva segue forte na cidade. Há ainda a possibilidade de grande incidência de cargas elétricas no Noroeste gaúcho, região onde está Eugenio de Castro, com previsão com maior ocorrência de raios e com risco acentuado de tempo severo localizado, segundo informações da MetSul Meteorologia. De acordo com dados da rede do Centro Nacional de Previsão de Desastres, até 6h de hoje havia chovido 92 mm em Entre-Ijuís, 65 mm em Horizontina, 57 mm em Passo Fundo, 50 mm em São Borja, 49 mm em Erechim, 43 mm em Santa Rosa e 40 mm em Iraí.
Como a chuva deve predominar em todo o Rio Grande do Sul ao longo do dia, algumas regiões concentram maiores acumulados, com destaque para a Metade Norte. As precipitações durante a madrugada levaram ao acúmulo de altos volumes, que devem subir ainda mais com a persistência da chuva. “É uma má notícia para o trigo em fase de colheita, que tem perda de produtividade com a elevada umidade e o excesso de precipitação que vem se registrando”, diz a Metsul.
Para a Região Metropolitana de Porto Alegre, a tendência é de uma sexta-feira marcada por muitas nuvens e continuidade da chuva, que começou na Capital por volta das 4h40min de hoje. O risco de temporal é baixo, mas a Metsul relata a possibilidade de momentos com precipitações fortes com trovoadas, apesar de a chuva ser fraca na maior parte dia.
Na região Sul do Estado, a chuva deve ser menos volumosa com baixos acumulados em grande parte das cidades. “O ar mais seco e frio que avança pelo Nordeste da Argentina deve começar a melhorar o tempo a partir do Oeste principalmente da tarde para a noite, o que deve propiciar o retorno do sol em cidades da região como Uruguaiana, Barra do Quaraí, Itaqui e Quaraí em um primeiro momento”, aponta a MetSul.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário