Porto Alegre, sábado, 11 de setembro de 2021.
Porto Alegre,
sábado, 11 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

segurança

- Publicada em 10h41min, 11/09/2021. Atualizada em 10h46min, 11/09/2021.

Operação dispersa aglomeração com 1,2 mil pessoas no bairro Moinhos de Vento

Ação fiscaliza protocolos de segurança sanitária para combater a Covid-19

Ação fiscaliza protocolos de segurança sanitária para combater a Covid-19


ROBSON DA SILVEIRA/PMPA/DIVULGAÇÃO/JC
Reunindo Guarda Municipal, Brigada Militar, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e Diretoria Geral de Fiscalização, uma operação conjunta dispersaram aglomeração com cerca 1,2 mil pessoas entre a noite de sexta-feira (10) e a madrugada deste sábado (11), no bairro Moinhos de Vento, incluindo o Parcão e a rua 24 de Outubro, conforme relatório da Ronda Ostensiva Municipal (Romu). 
Reunindo Guarda Municipal, Brigada Militar, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e Diretoria Geral de Fiscalização, uma operação conjunta dispersaram aglomeração com cerca 1,2 mil pessoas entre a noite de sexta-feira (10) e a madrugada deste sábado (11), no bairro Moinhos de Vento, incluindo o Parcão e a rua 24 de Outubro, conforme relatório da Ronda Ostensiva Municipal (Romu). 
As forças de segurança municipais e estaduais fiscalizaram bares e restaurantes sob denúncias de aglomerações em Porto Alegre. O objetivo da ação foi orientar e fiscalizar o cumprimento das normas sanitárias de prevenção à Covid-19.
Um bar na rua Barão do Gravataí, bairro Menino Deus, foi autuado pela Diretoria Geral de Fiscalização por apresentar clientes em pé, sem uso de máscaras e com música ao vivo. Na Cidade Baixa, houve dispersão de aproximadamente 800 pessoas na Lima e Silva com a rua da República e também na rua João Alfredo.
A ação contou com uma Balada Segura, com 50 veículos abordados, 36 autuações, 11 veículos e um certificado de licenciamento anual recolhidos. Treze motoristas não possuíam carteira nacional de habilitação.
"Continuamos o nosso trabalho de orientação e fiscalização para preservarmos a vida e ao mesmo tempo garantirmos a continuidade do lazer e do progresso econômico, mas sempre colocando a segurança sanitária da população como prioridade", ressaltou o comandante da Guarda Municipal, Marcelo do Nascimento.
Denúncias podem ser feitas pelos telefones 153 e 156.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário