Porto Alegre, quarta-feira, 08 de setembro de 2021.
Dia Mundial da Alfabetização.
Porto Alegre,
quarta-feira, 08 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Transportes

- Publicada em 10h04min, 08/09/2021.

Trabalhadores da Carris mantêm mobilização em dia decisivo para a empresa pública

Trabalhadores iniciaram a mobilização de hoje ainda na madrugada

Trabalhadores iniciaram a mobilização de hoje ainda na madrugada


COMISSÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA CARRIS/DIVULGAÇÃO/JC
Nem a chuva que não para desde a terça-feira foi capaz de diminuir a mobilização dos funcionários da Companhia Carris, em Porto Alegre. Os servidores da estatal municipal de transporte público mantêm a greve nesta quarta-feira (8), dia em que deve ser votado na Câmara de Vereadores o projeto de lei que prevê a privatização da empresa pública. Os trabalhadores entraram em greve na sexta-feira passada (3).
Nem a chuva que não para desde a terça-feira foi capaz de diminuir a mobilização dos funcionários da Companhia Carris, em Porto Alegre. Os servidores da estatal municipal de transporte público mantêm a greve nesta quarta-feira (8), dia em que deve ser votado na Câmara de Vereadores o projeto de lei que prevê a privatização da empresa pública. Os trabalhadores entraram em greve na sexta-feira passada (3).
Os trabalhadores iniciaram a mobilização de hoje ainda na madrugada, antes de o sol nascer, junto à sede da Carris, na rua Albion, bairro Partenon. Ainda nessa manhã, os funcionários deverão partir em caminhada até a Câmara para pressionar os vereadores contra a aprovação da proposta do prefeito Sebastião Melo.
Por volta de 60 ônibus da empresa estão circulando nas ruas da Capital nesta manhã, saindo pela saída lateral da sede da empresa. Uma decisão judicial determina que ao menos 65% da frota esteja em circulação para atender à demanda da população. Caso não seja cumprida a decisão, o sindicato da categoria terá multa diária de R$ 20 mil.
Os consórcios privados voltaram a operar linhas da Carris nesta quarta-feira, com vistas a suprir a ausência dos coletivos da empresa municipal. O esquema prevê que o consórcio Viva Sul opere as linhas T11, T12 e T3. A Via Leste/Mais assume o T6, 343 e T9 e o MOB atende as linhas T4, T1 e T7. A Carris segue com as linhas T13, 353, T2, T5, T8, 375, T2A, T11A , T12A, C1, C2, C3 e C10.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário