Porto Alegre, sexta-feira, 20 de agosto de 2021.
Dia do Maçom.
Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 03h00min, 20/08/2021.

Porto Alegre amplia vacinação para o público de 19 anos

A prefeitura de Porto Alegre ampliou a faixa etária para a vacinação contra a Covid-19. Assim, todos os porto-alegrenses com 19 anos ou mais poderão se vacinar a partir desta sexta-feira. A imunização ocorre em 12 unidades de saúde e no drive-thru híbrido do Bourbon Wallig (avenida Grécia, 1500 - Cristo Redentor). A faixa etária será mantida também no sábado e domingo. A ampliação será realizada com doses remanescentes de faixas anteriores. Na faixa etária de 19 anos, a população a ser imunizada é de 16.460 pessoas. Também será retomada a vacinação de adolescentes com comorbidades de 12 anos a 17 anos.

A prefeitura de Porto Alegre ampliou a faixa etária para a vacinação contra a Covid-19. Assim, todos os porto-alegrenses com 19 anos ou mais poderão se vacinar a partir desta sexta-feira. A imunização ocorre em 12 unidades de saúde e no drive-thru híbrido do Bourbon Wallig (avenida Grécia, 1500 - Cristo Redentor). A faixa etária será mantida também no sábado e domingo. A ampliação será realizada com doses remanescentes de faixas anteriores. Na faixa etária de 19 anos, a população a ser imunizada é de 16.460 pessoas. Também será retomada a vacinação de adolescentes com comorbidades de 12 anos a 17 anos.

Para receber a primeira dose, é preciso apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência em Porto Alegre. 

A aplicação da segunda dose segue disponível em 31 unidades de saúde e 20 farmácias parceiras para quem recebeu AstraZeneca há pelo menos 10 semanas e em 13 unidades de saúde para todos que receberam a primeira dose de Coronavac há 28 dias. O drive thru do Bourbon Wallig também estará aplicando segunda dose de AstraZeneca e Coronavac. Já a aplicação da segunda dose da Pfizer segue disponível em quatro unidades de saúde para quem recebeu a primeira dose há 10 semanais ou mais.

Para segunda dose, é necessário levar identidade com CPF e carteira com registro da primeira aplicação. 

Hospital Conceição tem segundo caso de variante Delta confirmado

O Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, confirmou nesta quinta-feira o segundo caso da variante Delta em paciente vítima do surto localizado na instituição. A notificação ao hospital foi feita pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

O paciente infectado é um homem de 78 anos, residente em Guaíba, já imunizado com duas doses da vacina contra a Covid-19. Segundo a assessoria do Conceição, ele foi hospitalizado no dia 7 de julho, transferido para a UTI, e faleceu em 8 de agosto. O homem tinha comorbidades cardiológica, renal e obesidade.

Na quarta-feira, já havia sido confirmado um caso de Delta no Conceição, primeiro registro de transmissão comunitária da cepa na Capital. O paciente é um homem de 65 anos, internado no dia 15 de julho, com alta em 27 de julho. Residente na cidade, ele também já havia recebido as duas doses da vacina, e sofre de comorbidades cardiológica e diabetes. O tempo entre início dos sintomas e alta foram de sete dias.

O número de óbitos pelo surto de Covid-19 no Conceição subiu para 14, segundo boletim divulgado na manhã desta quinta-feira, depois de dois dias sem registrar mortes. As vítimas foram uma mulher de 82 anos, natural da China e residente em Porto Alegre, e um homem de 64 anos, morador de Viamão.

Nas últimas 24 horas, chega a 136 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Deste total, 86 pacientes foram expostos à Covid-19 em 15 áreas diferentes do hospital. Já entre os profissionais da saúde, 50 foram afetados em 13 áreas, sendo 12 auxiliares/técnicos em higienização, 21 auxiliares/técnicos em enfermagem, três profissionais do setor de nutrição, cinco médicos, quatro estudantes/estagiários, dois fisioterapeutas, dois enfermeiros e um farmacêutico.

Do total de casos entre pacientes, 38 estão em leitos clínicos e 11 na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), enquanto 23 tiveram alta hospitalar. Entre os 136 contaminados, 55 (64%) haviam recebido a segunda dose de vacina. Já entre os 50 profissionais de saúde, 40 (80%) tinham feito a segunda dose do imunizante. Dos trabalhadores, 36 estão em isolamento domiciliar, dois estão hospitalizados, dois receberam alta hospitalar e 10 já retornaram ao trabalho.

As visitas no Hospital Conceição seguem suspensas por tempo indeterminado. O setor de emergência atende somente pacientes em situação grave, encaminhados pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Além disso, as cirurgias eletivas continuam suspensas, com exceção dos procedimentos oncológicos.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário