Porto Alegre, segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Nelson Mandela Day.
Porto Alegre,
segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Acidente

- Publicada em 18h31min, 19/07/2021. Atualizada em 20h06min, 19/07/2021.

Perícia inicial indica que deck pode ter desabado por excesso de peso

Perito do IGP ainda irá confrontar os dados levantados nesta segunda com as informações do projeto estrutural do espaço

Perito do IGP ainda irá confrontar os dados levantados nesta segunda com as informações do projeto estrutural do espaço


Tiago Baldasso - Divulgação/JC
O resultado inicial da perícia no deck que desabou na água durante um evento em um restaurante na Ilha das Flores, em Porto Alegre, indicou que a estrutura teria se rompido devido ao excesso de peso, causado pela aglomeração no local. A perícia foi feita pela equipe da Seção de Engenharia do Departamento de Criminalística do Instituto Geral de Perícias (IGP).
O resultado inicial da perícia no deck que desabou na água durante um evento em um restaurante na Ilha das Flores, em Porto Alegre, indicou que a estrutura teria se rompido devido ao excesso de peso, causado pela aglomeração no local. A perícia foi feita pela equipe da Seção de Engenharia do Departamento de Criminalística do Instituto Geral de Perícias (IGP).
O incidente foi na noite deste domingo (18). Pelo menso 50 pessoas estavam sobre a estrutura durante um evento com show. Uma jovem de 26 anos que estava entre os feridos morreu nesta segunda-feira (19) no Hospital de Pronto Socorro (HPS). 
A inspeção inicial apontou ainda que havia pontos no entorno da plataforma de madeira que indicavam falhas de conservação. A equipe foi ao local na manhã desta segunda-feira, onde funciona o restaurante Marina das Flores.
Os peritos fizeram levantamento fotográfico das peças do deck, além da medição dos elementos da estrutura, cuja parte colapsada tem aproximadamente 50 metros quadrados. Segundo o IGP, o laudo final deve ficar pronto em pelo menos 30 dias.
Segundo o órgão, a análise depende de informações do documento com o peso máximo que a estrutura poderia comportar e a estimativa de peso das pessoas que se encontravam no local no momento do desabamento. Os dados levantados serão confrontados com os do projeto arquitetônico do espaço. Para isso, o projeto estrutural do deck foi requisitado ao hangar do local.
A prefeitura de Porto Alegre informou que a Marina das Flores, que abriga o restaurante onde ocorreu o desabamento, não tinha alvará de funcionamento.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário