Porto Alegre, terça-feira, 15 de junho de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 15 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Fiscalização

- Publicada em 20h34min, 15/06/2021. Atualizada em 20h35min, 15/06/2021.

Sapiranga: mercados são interditados e 2,6 toneladas de alimentos são inutilizados

Principais problemas foram verificados com carnes fora da validade, sem procedência e estragadas

Principais problemas foram verificados com carnes fora da validade, sem procedência e estragadas


MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL/DIVULGAÇÃO/JC
Cinco mercados com açougue em Sapiranga, no Vale do Sinos  foram alvos de uma operação da Força-Tarefa Segurança Alimentar do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), realizada nesta terça-feira (15). Dois estabelecimentos foram interditados devido às condições sanitárias precárias, segundo nota do MP-RS.
Cinco mercados com açougue em Sapiranga, no Vale do Sinos  foram alvos de uma operação da Força-Tarefa Segurança Alimentar do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), realizada nesta terça-feira (15). Dois estabelecimentos foram interditados devido às condições sanitárias precárias, segundo nota do MP-RS.
Ao todo, 2,6 toneladas de mercadorias foram inutilizadas na ação.
Os principais problemas encontrados foram carne fora da validade, sem procedência, estragada e fora da temperatura adequada. Também foram detectados outros produtos fora do prazo de validade e fracionados.
A ação contou com a presença do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Segurança Alimentar, o promotor de Justiça de Sapiranga Michael Schneider Flach e representantes da Delegacia do Consumidor (Decon), da Vigilância Sanitária Municipal de Sapiranga, da Patrulha Ambiental (Patram) da Brigada Militar e das secretarias estaduais da Saúde e da Agricultura.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário