Porto Alegre, terça-feira, 08 de junho de 2021.
Dia do Citricultor.
Porto Alegre,
terça-feira, 08 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Violência

- Publicada em 20h38min, 08/06/2021.

Grávida de 24 anos é baleada e morre em meio a operação policial no Rio

Uma designer de interiores de 24 anos, grávida de quatro meses, morreu atingida por uma bala perdida, na tarde desta terça-feira (8) durante uma operação da Polícia Militar no Lins de Vasconcelos, bairro da zona norte do Rio. Kathlen Romeu chegou a ser levada para o hospital, mas já chegou morta. A Polícia Civil vai tentar identificar o autor do tiro que atingiu a mulher.
Uma designer de interiores de 24 anos, grávida de quatro meses, morreu atingida por uma bala perdida, na tarde desta terça-feira (8) durante uma operação da Polícia Militar no Lins de Vasconcelos, bairro da zona norte do Rio. Kathlen Romeu chegou a ser levada para o hospital, mas já chegou morta. A Polícia Civil vai tentar identificar o autor do tiro que atingiu a mulher.
Kathlen era casada e estava grávida de 14 semanas do primeiro filho. Além de ser designer de interiores, trabalhava também como vendedora em uma loja de Ipanema, na zona sul. Ex-moradora do Lins, Kathlen havia se mudado e nesta terça-feira foi ao bairro para visitar a avó, que estava ao seu lado no momento em que foi baleada. A avó saiu ilesa.
Segundo nota da Polícia Militar, policiais foram atacados a tiros por criminosos quando passavam pela localidade conhecida como Beco do 14. Ali começou um confronto, com troca de tiros. A PM informou que, depois do tiroteio, Kathlen foi encontrada ferida e levada ao hospital municipal Salgado Filho, no Méier (zona norte), onde chegou morta.
Horas antes de ser atingida, a grávida havia publicado em seu perfil no Instagram uma foto com a legenda "Bom dia, neném". A operação policial resultou na apreensão de um carregador de fuzil, munições de calibre 9 mm e drogas.
Protesto
Após a morte de Kathlen, por volta das 16h15 moradores do Lins de Vasconcelos interditaram os dois sentidos da autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, na altura do Lins, em protesto que gerou grande congestionamento na região. O trânsito foi liberado no sentido Grajaú às 18h40 e no sentido Jacarepaguá às 19h.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário