Porto Alegre, domingo, 23 de maio de 2021.
Porto Alegre,
domingo, 23 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Urbanismo

- Publicada em 12h05min, 23/05/2021.

Prefeitura executa conexão entre o trecho 3 da Orla do Guaíba e o Parque Marinha

Será feita escadaria artística, com dunas gramadas junto ao rio, alinhadas com o eixo cívico do parque

Será feita escadaria artística, com dunas gramadas junto ao rio, alinhadas com o eixo cívico do parque


CESAR LOPES/PMPA/JC
Uma conexão entre o Parque Marinha e o trecho 3 da Orla do Guaíba está sendo executada pela prefeitura de Porto Alegre. Trata-se de uma escadaria artística, com dunas gramadas junto ao rio, alinhadas com o eixo cívico do parque. Quando concluída, a intervenção funcionará como um marco visual de ligação entre os dois espaços. Os serviços começaram no último dia 17 e têm previsão de conclusão em junho.
Uma conexão entre o Parque Marinha e o trecho 3 da Orla do Guaíba está sendo executada pela prefeitura de Porto Alegre. Trata-se de uma escadaria artística, com dunas gramadas junto ao rio, alinhadas com o eixo cívico do parque. Quando concluída, a intervenção funcionará como um marco visual de ligação entre os dois espaços. Os serviços começaram no último dia 17 e têm previsão de conclusão em junho.
A conexão já estava prevista no projeto original do arquiteto Jaime Lerner para a revitalização do trecho 3 da Orla do Guaíba, funcionando como uma continuação da obra. O caminho entre a Orla e o Marinha é dificultado pela barreira imposta pelo talude da avenida Edvaldo Pereira Paiva. Após os serviços, a conexão irá melhorar o fluxo de visitantes, que será intensificado pela revitalização. Caso contrário, todo o fluxo se aglutinaria nos acessos das extremidades da orla.
“Esta conexão irá expandir muito a utilização do Parque Marinha. Os dois parques funcionarão como um só, fomentando um ao outro”, explica o secretário Municipal de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro. “É importante destacar que nós conseguimos executar esta intervenção sem que fosse necessário nenhum tipo de aditivo de valor ao contrato da obra. Isso, em virtude de economias feitas pela fiscalização da revitalização, que aproveitou materiais oriundos de descarte de outras obras da prefeitura”, destaca.
Na conexão entre os parques, serão investidos cerca de R$ 300 mil, já contemplados no contrato da obra da orla. “A intervenção inclui serviços de terraplenagem, execução de rampas e taludes, paisagismo em grama para contenções, iluminação e pavimentação. A conexão será totalmente acessível, com passeio executado com piso podotátil”, explica o arquiteto Oscar Coelho, servidor que compõe a equipe da fiscalização da obra.
Para a construção da conexão foi necessária a remoção de cinco árvores no Parque Marinha do Brasil, sendo três maricás, um eucalipto e um pinus. As intervenções foram autorizadas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus). Como compensação às remoções, serão plantadas 48 novas mudas, distribuídas na área do parque e da orla. Também foi autorizado o transplante de uma corticeira, para cerca de 20 metros do local onde se encontrava, no próprio parque.
A obra de revitalização do trecho 3 da Orla do Guaíba ocorre em 1,6 quilômetro e já atingiu os 80% de execução. Para os serviços, previstos pra serem concluídos em agosto de 2021, estão sendo investidos R$ 53,4 milhões.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário