Porto Alegre, terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 09h23min, 23/02/2021. Atualizada em 15h11min, 23/02/2021.

Deputados vão protocolar emenda para manter escolas abertas em todos os níveis

Proposta é manter todas as instituições abertas mesmo em bandeira preta

Proposta é manter todas as instituições abertas mesmo em bandeira preta


ITAMAR AGUIAR/PALÁCIO PIRATINI/JC
Deputados de pelo menos cinco bancadas manifestaram apoio na mobilização que busca estabelecer as escolas como atividade essencial no Rio Grande do Sul. Durante a sessão plenária desta terça-feira (23) os parlamentares vão protocolar uma emenda para tentar manter escolas abertas - em todos os níveis educacionais - na bandeira preta do mapa de distanciamento controlado do governo e das novas regras de isolamento social para conter o avanço da Covid-19.
Deputados de pelo menos cinco bancadas manifestaram apoio na mobilização que busca estabelecer as escolas como atividade essencial no Rio Grande do Sul. Durante a sessão plenária desta terça-feira (23) os parlamentares vão protocolar uma emenda para tentar manter escolas abertas - em todos os níveis educacionais - na bandeira preta do mapa de distanciamento controlado do governo e das novas regras de isolamento social para conter o avanço da Covid-19.
"Nosso objetivo é garantir meios para que nossas crianças e jovens tenham seu direito à educação resguardado e que tenhamos um retorno às aulas da forma mais segura possível”, afirma o deputado Fábio Ostermann, que tem mantido contato com grupos de pais e visitou diversas escolas durante a pandemia.
A emenda para garantir as escolas abertas será protocolada junto ao PL 144/2020, da deputada Fran Somensi (Republicanos), que reconhece a prática da atividade física como essencial para a população do RS. A proposta conta com o apoio de deputados das seguintes bancadas: NOVO, PP, MDB, PSL e Cidadania.
Comentários CORRIGIR TEXTO