Porto Alegre, sábado, 13 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 13 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

segurança

- Publicada em 10h02min, 13/02/2021.

Guarda Municipal de POA fiscaliza bares e desfaz festa clandestina na madrugada

Na casa de shows na Zona Sul da Capital, havia cerca de 800 pessoas

Na casa de shows na Zona Sul da Capital, havia cerca de 800 pessoas


GM/PMPA/DIVULGAÇÃO/JC
A Guarda Municipal (GM) de Porto Alegre dispersou aglomerações e desfez uma festa clandestina, em ações na madrugada deste sábado (13), realizadas com apoio da Brigada Militar e de fiscais da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).
A Guarda Municipal (GM) de Porto Alegre dispersou aglomerações e desfez uma festa clandestina, em ações na madrugada deste sábado (13), realizadas com apoio da Brigada Militar e de fiscais da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).
Foram dispersadas aglomerações em um bar da rua João Alfredo, na Cidade Baixa, onde estavam 150 pessoas, e em outro bar na rua Lima e Silva, no mesmo bairro, também com 150 pessoas. Houve dispersão de aglomeração ainda na rua Fernando Machado, no Centro Histórico.
Também foi desfeita uma festa clandestina, na Zona Sul de Porto Alegre. Na casa de shows, havia cerca de 800 pessoas. Os locais foram autuados e interditados por descumprirem os decretos da Covid-19 e colocarem em risco a saúde da coletividade.
As fiscalizações daGM vão continuar durante o período do Carnaval, até quarta-feira (17). O comandante Marcelo Nascimento afirma que as equipes estarão espalhadas por diversos pontos da cidade, com atenção especial para Cidade Baixa e Moinhos de Vento. Denúncias podem ser feitas por telefone pelo número 156.
Os agentes estarão nas ruas, principalmente, à noite para evitar festas clandestinas e aglomerações. Em live semanal pelas redes sociais, nesta sexta-feira (12), o prefeito Sebastião Melo alertou que estão proibidas programações de blocos de rua e desfile das escolas de samba: “Cancelar o Carnaval não foi uma decisão isolada, mas sim uma construção coletiva com a sociedade, escolas de samba e blocos. As entidades carnavalescas entenderam que não temos espaço para as festas em função da pandemia”. A prefeitura também não fará ponto facultativo, mantendo expediente regular de segunda (15) a quarta-feira (17).
Mais informações sobre as restrições dos estabelecimentos da cidade neste período no site da prefeitura.
Comentários CORRIGIR TEXTO