Porto Alegre, sexta-feira, 22 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 22 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

PROTESTOS

- Publicada em 16h24min, 22/01/2021.

Carreata em defesa da vida e contra o governo federal ocorrerá neste sábado em Porto Alegre

Entidades que integram o movimento estiveram reunidas nesta sexta, para organizar a carreara

Entidades que integram o movimento estiveram reunidas nesta sexta, para organizar a carreara


DCE UFRGS/DIVULGAÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Uma carreata em defesa da vida e do direito à vacina para todos ocorre na tarde deste sábado (23), em Porto Alegre, como forma de protesto à gestão da pandemia pelo governo federal. Organizada pela sociedade civil, entidades e partidos políticos, o movimento se estenderá por outras 18 capitais e cidades brasileiras. No Estado, estão programadas ações também em Rio Grande, Gravataí e Novo Hamburgo.
Uma carreata em defesa da vida e do direito à vacina para todos ocorre na tarde deste sábado (23), em Porto Alegre, como forma de protesto à gestão da pandemia pelo governo federal. Organizada pela sociedade civil, entidades e partidos políticos, o movimento se estenderá por outras 18 capitais e cidades brasileiras. No Estado, estão programadas ações também em Rio Grande, Gravataí e Novo Hamburgo.
Na Capital, o ato tem à frente a Associação Mães e Pais pela Democracia (AMPD) e reúne sindicatos e outras associações representativas de categorias e trabalhadores, além do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).
De acordo com o vice-presidente da AMPD, Marcelo Prado, o movimento ganhou força após a realização dos panelaços da semana passada e, além de cobrar a vacinação maciça contra a Covid-19, defende o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. "O foco da nossa Associação é a educação, mas não podemos ficar de fora de questões que extrapolam no Brasil, como o que ocorre no governo federal", explica Prado.
Na tarde desta sexta-feira (22), o grupo se reuniu para organizar o evento (foto). A concentração de carros está marcada para as 16h, no Largo Zumbi dos Palmares, região central da cidade, e a previsão é de saída em carreata a partir das 16h30min.
No Facebook, o ato está sendo convocado como "Carreata Impeachment Já - Brasil quer respirar". A ideia dos organizadores é que cada movimento participante leve cartazes com suas pautas específicas e divulgue as reivindicações ao longo do trajeto, unificando o discurso em defesa do impeachment. "Decorem seus carros e venham celebrar a vida, a ciência, por vacina para todos e Fora Bolsonaro!", diz o material de convocação.
No ponto de encontro é obrigatório o uso de máscara e distanciamento entre os participantes, e cerca de 300 carros são esperados para o evento. No trajeto, um carro de som guiará a carreara, com música e microfone para uso dos participantes.

Movimentos que apoiam a carreata

  • AJURD – Associação Juristas pela Democracia
  • AMPD - Mães e Pais pela Democracia
  • Aserghc - Servidores do GHC
  • ASFERAP - Feirantes e Ambulantes da Rua da Praia
  • Assufrgs
  • Atempa Educadores
  • CRMP - Luta pela Moradia Popular
  • CUT RS
  • DCE Ufrgs
  • Emancipa Educação Popular
  • PCdoB
  • PSOL
  • PT Porto Alegre
  • SindBancários Porto Alegre e Região
  • Sindimetrô RS
  • Sindisaude RS
  • UNICAB - Camelôs, Ambulantes e Feirantes do Brasil
Comentários CORRIGIR TEXTO