Porto Alegre, quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Cultura, Dia do Cinema Brasileiro e Dia do Designer.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 09h42min, 05/11/2020.

Hospital Conceição inicia teste com vacina belga contra a Covid-19 

Estudo do laboratório Janssen contará com a participação de 2 mil voluntários no GHC

Estudo do laboratório Janssen contará com a participação de 2 mil voluntários no GHC


LUIZA PRADO/JC
O Hospital Conceição, em Porto Alegre, inicia nesta quinta-feira (5) os testes com a vacina contra a Covid-19 do laboratório belga Janssen, divisão de vacinas da Johnson & Johnson. O estudo está na Fase 3 (fase controlada com placebo) e iniciará recrutando voluntários acima de 59 anos, sem comorbidades (doenças pré-existentes). Ao todo, os testes no Hospital Conceição visam à inclusão de 2.000 participantes.
O Hospital Conceição, em Porto Alegre, inicia nesta quinta-feira (5) os testes com a vacina contra a Covid-19 do laboratório belga Janssen, divisão de vacinas da Johnson & Johnson. O estudo está na Fase 3 (fase controlada com placebo) e iniciará recrutando voluntários acima de 59 anos, sem comorbidades (doenças pré-existentes). Ao todo, os testes no Hospital Conceição visam à inclusão de 2.000 participantes.
O estudo é dividido em quatro etapas: primeiro, voluntários de 18 a 59 anos sem comorbidades; depois acima de 60 anos sem comorbidades; na sequência, de 18 a 59 anos com comorbidades; e por último, acima de 60 anos, com comorbidades. Os testes prevêem 60 mil participantes em todo o mundo. No Hospital Conceição, foram mais de 4 mil inscritos em dois dias e, por isso, as inscrições na instituição já estão encerradas.
Para o coordenador do Serviço de Infectologia do Hospital Conceição e investigador responsável, Breno Riegel Santos, a expectativa é de que essa vacina venha a cumprir a missão de alcançar imunidade induzida efetiva contra o vírus SARS CoV2, causador da pandemia de Covid-19.
A diretoria do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) enfatiza que é incentivadora destes estudos e espera que os resultados sejam satisfatórios. “Todos estamos ansiosos para que tenhamos uma vacina segura e confiável”, disse o diretor-presidente do GHC, Cláudio Oliveira.
Comentários CORRIGIR TEXTO