Porto Alegre, sexta-feira, 30 de outubro de 2020.
Dia do Comerciário. Dia do Balconista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 30 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

tecnologia

- Publicada em 16h36min, 30/10/2020.

TIM envia equipamento a clientes para testes do 5G no interior do País

Primeiras demonstrações foram feitas em evento em Florianópolis

Primeiras demonstrações foram feitas em evento em Florianópolis


PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
A TIM iniciou a ativação do 5G para testes em três cidades do interior: Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG). Cerca de 300 clientes estão recebendo equipamentos em suas residências para testarem, sem custos extras, a rede 5G via tecnologia FWA - banda larga fixa sem fio. Os testes começaram neste mês e vão durar seis meses.
A TIM iniciou a ativação do 5G para testes em três cidades do interior: Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG). Cerca de 300 clientes estão recebendo equipamentos em suas residências para testarem, sem custos extras, a rede 5G via tecnologia FWA - banda larga fixa sem fio. Os testes começaram neste mês e vão durar seis meses.
Ao habilitar o serviço, a operadora disponibiliza aos clientes uma amostra do que será possível a partir de 2021, após o leilão de frequências e a ativação das redes 5G, e que permitirá a expansão dos serviços para regiões onde a operadora não atuava, otimizando custos de implantação com o uso de tecnologia wireless e que viabilizará a ampliação de ofertas de banda larga de ultra velocidades para todo o Brasil.
Os equipamentos foram fornecidos em sistema de comodato e já estão preparados para as futuras redes 5G, sendo necessário apenas atualização de software. Desta forma, a TIM passa a ser a primeira operadora a entregar aos clientes equipamentos 5G para os testes.
A Claro foi pioneira na implementação da tecnologia de internet móvel de quinta geração no País, com a ativação das primeiras redes em alguns bairros de São Paulo e no Rio de Janeiro a partir de julho. O movimento foi seguido rapidamente pelas rivais Vivo, Oi e TIM, que começaram a ativar o 5G em diferentes cidades pouco tempo depois da Claro.
Por ora, as operadoras do setor estão oferecendo o 5G DSS (compartilhamento dinâmico de espectro, da sigla em inglês), que pega "emprestado" um pedaço das faixas de radiofrequência nas quais já trafegam os sinais do 4G. O 5G DSS representa um avanço na conexão, mas ainda está abaixo da velocidade alta de navegação e da latência baixa, principais vantagens do 5G "definitivo".
 
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO