Porto Alegre, domingo, 25 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 25 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 12h40min, 25/10/2020.

Frente fria avança e traz temporal para o RS

Região Oeste será a primeira a ser atingida pelo tempo severo, afirma Metsul

Região Oeste será a primeira a ser atingida pelo tempo severo, afirma Metsul


MARCELO G. RIBEIRO/JC
A MetSul Meteorologia alerta que uma frente fria avançará pelo Sul do Brasil no início desta semana com chuva mais ampla e alto risco de temporais nos três estados do Sul. O sistema frontal de forte intensidade começa a ingressar no Rio Grande do Sul pelo Oeste no final do domingo com probabilidade de chuva localmente forte a torrencial e ainda a possibilidade de tempestades de vento (vendavais) e granizo.
A MetSul Meteorologia alerta que uma frente fria avançará pelo Sul do Brasil no início desta semana com chuva mais ampla e alto risco de temporais nos três estados do Sul. O sistema frontal de forte intensidade começa a ingressar no Rio Grande do Sul pelo Oeste no final do domingo com probabilidade de chuva localmente forte a torrencial e ainda a possibilidade de tempestades de vento (vendavais) e granizo.
A região mais a Oeste do Rio Grande do Sul, nas áreas de Uruguaiana, Quaraí e Itaqui, será a primeira a ser atingida no final deste domingo (25) pelo tempo severo associado à frente.
No decorrer da segunda-feira 926), a frente fria avança pelo Rio Grande do Sul e ainda pelos estados de Santa Catarina e do Paraná, também trazendo chuva para a maioria das cidades e possibilidade alta de temporais isolados de vento forte e granizo.
Um dos maiores riscos, segundo a Metsul, é justamente a ocorrência de vento forte com possibilidade de episódios muito isolados de vento bastante intenso e com potencial de danos. Mesmo um risco marginal de atividade de tornados não pode ser afastado no deslocamento da frente pelo Sul do Brasil.
A MetSul antecipa que o risco de temporais mais fortes é valido para a Metade Oeste do Rio Grande do Sul, o Oeste e o Meio-Oeste de Santa Catarina e a Metade Oeste do Paraná, apesar da possibilidade de tempo severo isolado em outras áreas dos três estados.
A chuva, apesar de ampla, deverá ser irregular. Em muitos locais deve chover menos de 10 mm ou 20 mm na passagem desta frente e é possível que em alguns poucos a precipitação até “falhe”, mas muitos locais terão chuva de 20 mm a 30 mm na passagem do sistema e em diversas cidades os acumulados podem ficar perto ou acima de 50 mm.
Áreas muito castigadas pela estiagem como o Noroeste gaúcho e o Oeste catarinense podem ter municípios com acumulados de precipitação satisfatórios.
Diferentemente do que é comum nesta época do ano e mais normal de se ver no inverno, esta frente fria conseguirá avançar pelo interior do continente e vai alcançar com chuva e temporais, alguns fortes a severos de vento e granizo, os estados do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso entre segunda-feira e terça.
Comentários CORRIGIR TEXTO