Porto Alegre, sexta-feira, 02 de outubro de 2020.
Dia Internacional do Notário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 02 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

trânsito

- Publicada em 12h45min, 02/10/2020. Atualizada em 17h42min, 02/10/2020.

Instalação e início da operação de pardais em Porto Alegre é adiada

Novos controladores de velocidade devem começar a multar a partir do dia 26 de outubro

Novos controladores de velocidade devem começar a multar a partir do dia 26 de outubro


JOEL VARGAS/PMPA/JC
A prefeitura de Porto Alegre adiou o prazo de instalação do primeiro lote de 25 pardais, previsto para começar as operações nesta sexta-feira (2). Segundo a Focalle, empresa responsável pelo projeto, a alteração se deve à qualificação viária e às chuvas registradas no período.
A prefeitura de Porto Alegre adiou o prazo de instalação do primeiro lote de 25 pardais, previsto para começar as operações nesta sexta-feira (2). Segundo a Focalle, empresa responsável pelo projeto, a alteração se deve à qualificação viária e às chuvas registradas no período.
A Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) afirma que o cronograma não foi alterado, já que apenas o primeiro lote em 25 pontos não foi entregue. As instalações devem estar prontas para o segundo prazo, no dia 26 de outubro. Todos os controladores eletrônicos de velocidade devem estar prontos e operando nos 53 pontos da capital até o dia 16 de novembro.
O asfaltamento já foi realizado em alguns pontos, já que o medidor de velocidade opera abaixo do asfalto com a câmera para cima. Todos os equipamentos contam com tecnologia OCR, que realiza a leitura de placas. Além de reduzir acidentes, ajudam no cercamento eletrônico da cidade.
De acordo com a EPTC, desde o começo da operação do cercamento o índice de furto e roubo de veículos reduziu 61%. O sistema monitora, em tempo real, cerca de 1,5 milhões de registros diariamente com acompanhamento do Centro Integrado de Comando de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul.
Comentários CORRIGIR TEXTO