Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Transportes

- Publicada em 17h43min, 15/09/2020. Atualizada em 17h54min, 15/09/2020.

Agergs aprova reajuste de 3,87% para ônibus de longo curso e sugere descontos

Agência avalia que as empresas podem promover redução de passagens para atrair usuários

Agência avalia que as empresas podem promover redução de passagens para atrair usuários


MARCO QUINTANA/JC
A Agência de Estadual de Regulação dos Serviços Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) aprovou nesta terça-feira (15) reajuste de 3,8784% nas passagens de ônibus de longo curso no Estado. A correção pode ser aplicada a partir de 1º de outubro pelas empresas.
A Agência de Estadual de Regulação dos Serviços Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) aprovou nesta terça-feira (15) reajuste de 3,8784% nas passagens de ônibus de longo curso no Estado. A correção pode ser aplicada a partir de 1º de outubro pelas empresas.
O conselho também sugeriu que as operadoras ofertem mais promoções de tarifas para atrair usuários. Uma indicação é apostar em modalidades de compra antecipada para os passageiros, oferecendo descontos. 
O reajuste do Transporte Intermunicipal de Passageiros de Longo Curso (TIP) foi apreciado em sessão pública online dos integrantes do conselho. O índice repõe 12 meses de custos que compõem o sistema, como combustível, pessoas e manutenção. A correção era esperada para junho, mas foi adiada devido à pandemia e também a pedido das empresas. 
Em nota, o órgão ponderou que medidas de incentivo para quem utiliza o transporte podem ser de venda com desconto para datas mais à frente. A iniciativa, segundo a agência, serviria para amenizar impacto do reajuste em um serviço que teve perda de clientela na pandemia e que agora começa a voltar a buscar o serviço.    
"Foi sugerido, pelo Conselho Superior às empresas, a adoção de tabelas tarifárias promocionais com descontos aos usuários, a fim de instigar o uso do Transporte Intermunicipal de Passageiros de Longo Curso", manifesta o órgão.
Comentários CORRIGIR TEXTO