Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 16h19min, 13/09/2020. Atualizada em 18h20min, 13/09/2020.

Governo federal confirma ajuda no combate a incêndios no Pantanal

Dados do Inpe mostram que há meses o fogo vem atingindo o Pantanal

Dados do Inpe mostram que há meses o fogo vem atingindo o Pantanal


Mayke Toscano / Secom MT / Divulgação / JC
O governo federal vai ajudar no combate aos incêndios na região do Pantanal. A informação foi confirmada no sábado (12) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em mensagem nas redes sociais. Desde sexta-feira (10), a fumaça de queimadas encobre o céu de boa parte da região Sul, incluindo o território gaúcho.
O governo federal vai ajudar no combate aos incêndios na região do Pantanal. A informação foi confirmada no sábado (12) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em mensagem nas redes sociais. Desde sexta-feira (10), a fumaça de queimadas encobre o céu de boa parte da região Sul, incluindo o território gaúcho.
"Hoje, por orientação do presidente Jair Bolsonaro, entrei em contato com os governadores de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para reiterar a oferta de ajuda para combate aos incêndios. Através da defesa civil nacional, estamos monitorando o problema e desde o dia 2 de setembro já começamos a liberar recursos", escreveu Marinho.
De acordo com a publicação, o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, estará domingo (13), às 15h, na região do Pantanal, "levando apoio técnico e financeiro para apoiar estados e as suas respectivas equipes no enfrentamento do desastre". "A orientação é não faltar meios para debelar o fogo que ameaça pantanal", destacou o ministro.
Brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), assim como militares das Forças Armadas, já atuam na região em apoio às brigadas locais de combate ao fogo.
Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que há meses, o fogo vêm atingindo o Pantanal. Foram registrados 14.489 focos de incêndio na região, entre janeiro e este domingo, 13 de setembro. No mesmo período do ano passado foram 4.699 focos. A estiagem e os incêndios destroem o Pantanal e vêm alterando a paisagem em Mato Grosso do Sul e no Mato Grosso, com fumaças encobrindo a paisagem e rios secando.
Comentários CORRIGIR TEXTO