Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 17h43min, 09/09/2020. Atualizada em 11h32min, 10/09/2020.

Bairro Sarandi, em Porto Alegre, é líder de casos de Covid-19

Até esta quarta-feira, Porto Alegre contabilizava mais de 26,7 mil casos de coronavírus

Até esta quarta-feira, Porto Alegre contabilizava mais de 26,7 mil casos de coronavírus


JOYCE ROCHA/JC
Gabriela Porto Alegre
Enquanto inúmeras atividades são flexibilizadas em Porto Alegre, o número de infectados pela Covid-19 continua crescendo. Somente na tarde desta quarta-feira (9), a cidade contabilizava que mais de 26,7 mil porto-alegrenses haviam sido contaminados pelo novo coronavírus, sendo que só no bairro Sarandi foram mais de mil.
Enquanto inúmeras atividades são flexibilizadas em Porto Alegre, o número de infectados pela Covid-19 continua crescendo. Somente na tarde desta quarta-feira (9), a cidade contabilizava que mais de 26,7 mil porto-alegrenses haviam sido contaminados pelo novo coronavírus, sendo que só no bairro Sarandi foram mais de mil.
Se em maio os bairros com maior incidência da covid-19 eram o Petrópolis, o Bela Vista e o Rio Branco, hoje essa realidade não é mais a mesma para pelo menos dois deles. Isso porque o novo coronavírus chegou com força nas áreas mais periféricas da cidade.
De acordo com o último levantamento realizado pela Coordenadoria Geral da Vigilância em Saúde da Capital, na semana passada, somente no bairro Sarandi, a soma de pessoas que foram contaminadas pela doença já chega a 1.021 – um salto de 648 casos em pouco mais de um mês.
No ranking dos bairros com mais casos da Covid-19, aparecem ainda o Partenon (885), a Lomba do Pinheiro (831) e a Restinga (749). Em quinto lugar, o levantamento mostra o Petrópolis (715), que desde o início da pandemia mostrou crescimento acelerado no número de contaminados.
Até junho, dos 94 bairros que compõem o levantamento da prefeitura, apenas o Pedra Redonda e o Extrema não tinham registrado casos da doença. No entanto, com o decorrer dos meses e a disseminação do novo coronavírus, hoje todos os 94 bairros possuem confirmações da Covid-19. No ranking dos locais com menos casos da doença aparecem: São Caetano (7), Extrema (9), Pedra Redonda (20), Sétimo Céu (20) e Vila Conceição (30).
Já em relação à incidência de casos por mil habitantes, o levantamento aponta que os bairros que registram os maiores índices são Farroupilha (taxa de 638 por mil), Pedra Redonda (73 por mil), Jardim Europa (32 por mil) e Anchieta (31 por mil).
No que diz respeito as menores incidências por mil habitantes aparecem os seguintes bairros: Extrema (taxa de 5 por mil), Lageado e Serraria (ambos com 7 por mil) e Lami (8 por mil). Nos bairros São Caetano, Arquipélago, Bom Jesus e Sarandi, a taxa de incidência por mil habitantes é de 9.
O monitoramento leva em consideração o endereço de cada pessoa positivada para a Covid-19 na Capital, e não o local onde ela recebeu atendimento. Desde maio, a prefeitura tem ampliado a oferta de testagem em Porto Alegre. Dessa forma, qualquer pessoa que apresentar sintomas do novo coronavírus e buscar atendimento em unidades de saúde poderá ser testada de forma gratuita.
Conforme dados do ObservaPOA da manhã desta quarta-feira, dos 26.761 casos confirmados na Capital, 23.050 correspondem a pessoas já recuperadas, 2.602 a porto-alegrenses que estão cumprindo o isolamento em casa ou no hospital, 332 a pacientes em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) e 777 óbitos. 
Comentários CORRIGIR TEXTO