Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

clima

- Publicada em 13h04min, 09/09/2020.

Bacias ainda apresentam volumes acima da média após chuvas no Rio Grande do Sul

Bacia do rio Gravataí ainda segue em elevação e condição de alerta

Bacia do rio Gravataí ainda segue em elevação e condição de alerta


CLAITON DORNELLES /JC
As chuvas frequentes no Rio Grande do Sul geraram o aumento do volume de bacias hidrográficas no Rio Grande do Sul. Com mais de 2 metros acima do nível nesta quarta-feira (9), o rio Gravataí segue em elevação e em condição de alerta.
As chuvas frequentes no Rio Grande do Sul geraram o aumento do volume de bacias hidrográficas no Rio Grande do Sul. Com mais de 2 metros acima do nível nesta quarta-feira (9), o rio Gravataí segue em elevação e em condição de alerta.
Segundo o monitoramento da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), as bacias do Tramandaí e Mampituba registraram os maiores volumes entre esta terça e quarta, com acumulados entre 30mm e 50mm em alguns pontos. O rio dos Sinos em Campo Bom já encontra-se estável, e o rio do Cai em declínio. As duas estações ainda registram níveis acima da normalidade, com mais de 2 metros acima do volume normal.
Os principais rios do Estado encontram-se, em maioria, estáveis ou em declínio. O rio Jacuí, no entanto, apresenta elevações pouco significativas em alguns pontos, com 28 centímetros acima do normal.
Mesmo com aumento do volume mais lento desde terça (8), a bacia do Gravataí continua em alerta. A condição de atenção é indicada para as bacias do Taquari-Antas, Caí, Sinos, Lago Guaíba, Litoral Médio, Tramandaí, Mampituba e Apuaê-Inhandava.
Comentários CORRIGIR TEXTO