Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CLIMA

- Publicada em 11h24min, 07/09/2020. Atualizada em 17h52min, 07/09/2020.

MetSul alerta para a possibilidade de mais temporais no RS nos próximos dias

Há alerta de temporal para Serra e Litoral Norte

Há alerta de temporal para Serra e Litoral Norte


JOYCE ROCHA/JC
Após fim de semana com chuvas e registros de granizo na Região Metropolitana de Porto Alegre, a instabilidade deve continuar ao longo da semana no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul, na metade norte do Estado há, ainda, possibilidade de temporais e a ocorrência de granizo não está descartada. O maior risco é para a região da Serra e Litoral Norte. 
Após fim de semana com chuvas e registros de granizo na Região Metropolitana de Porto Alegre, a instabilidade deve continuar ao longo da semana no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul, na metade norte do Estado há, ainda, possibilidade de temporais e a ocorrência de granizo não está descartada. O maior risco é para a região da Serra e Litoral Norte. 
O monitoramento da Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) aponta que os rios Cai, Sinos e Gravataí seguem em lenta elevação após as fortes chuvas do fim de semana, sem, no entanto, atingir os limiares de alerta. A chuva deve continuar no Estado ao longo do dia, mas não em todas as regiões. Os acumulados maiores ocorrem na Serra e em parte do Litoral Norte, onde pode chover forte ainda nesta segunda-feira. Porto Alegre deve registrar chuva e garoa na maior parte do dia, com intensificação da precipitação durante a tarde e a noite.
Na terça-feira, a umidade e o céu encoberto seguem presentes, sobretudo entre o Centro e o Leste do Rio Grande do Sul. Segundo a Metsul, na quinta-feira, a umidade deve dar uma trégua na maioria das regiões com a chegada de ar mais quente e seco ao Estado. A exceção será a faixa Leste, sobretudo o Litoral, onde a nebulosidade permanece. 
Comentários CORRIGIR TEXTO