Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 08h30min, 05/09/2020.

Campanha Setembro Dourado conscientiza sobre o câncer infanto-juvenil

Em 2020, eventos do Instituto do Câncer Infantil (ICI) sobre o tema foram reformulados para o ambiente on-line

Em 2020, eventos do Instituto do Câncer Infantil (ICI) sobre o tema foram reformulados para o ambiente on-line


FREDY VIEIRA/JC
A Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc) lançou, nesta semana, a campanha Setembro Dourado. A iniciativa visa promover a conscientização e a informação sobre o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, uma das principais causas de morte de crianças e adolescentes até 19 anos.
A Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc) lançou, nesta semana, a campanha Setembro Dourado. A iniciativa visa promover a conscientização e a informação sobre o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, uma das principais causas de morte de crianças e adolescentes até 19 anos.
Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), até o final de 2020, a estimativa é de que cerca de 8,4 mil pacientes sejam diagnosticados com câncer infanto-juvenil no País. No Rio Grande do Sul, esse número fica em torno de 400 novos casos. Pensando nisso, todos os anos, durante o mês de setembro, o Instituto do Câncer Infantil (ICI) promove palestras e ações presenciais de conscientização sobre o tema. Neste ano, em virtude da pandemia de novo coronavírus, as iniciativas, no entanto, foram reformuladas para o ambiente on-line.
De acordo com o oncologista pediátrico do ICI, Lauro Gregianin, a pandemia da Covid-19 mobilizou diversos ramos da sociedade, mas nenhum com a mesma intensidade da área da saúde. Para o médico, as doenças que existiam previamente, incluindo o câncer, não deixaram de ocorrer, mesmo que a procura por atendimento nos primeiros meses do ano tenha sido baixa por conta do receio de buscar atendimento durante o isolamento social.
Para Gregianin, o principal propósito da campanha “Setembro Dourado” é conscientizar a população para os sintomas da doença. Segundo o médico, o tipo de câncer mais comum entre crianças e adolescentes é a leucemia aguda, que determina inicialmente um quadro de anemia (palidez), prostração, febre baixa e persistente, manchas roxas na pele e eventualmente sangramento gengival. Outras neoplasias frequentes são os tumores no sistema nervoso central, que causam dores de cabeça, náuseas e vômitos, incluindo, em alguns casos, a perda de equilíbrio e paralisia facial. Ainda, outras representações da doença podem se dar através de linfomas que provocam o volume das ínguas ou linfonodos na região central do pescoço, além dos tumores ósseos que se manifestam nas proximidades do joelho.
Com o tema “Repare no detalhe” a campanha faz um alerta às famílias sobre a importância da detecção e diagnóstico precoce da doença. A hashtag oficial é #reparenodetalhe e no site www.reparenodetalhe.com é possível encontrar mais informações sobre o Setembro Dourado.
Entre as iniciativas previstas para o mês de conscientização, o ICI promoverá uma Carreata do Setembro Dourado no dia 12 de setembro, com mobilização dos voluntários e comunidade com carros e balões dourados a partir das 10h, saindo da sede do ICI (rua São Manoel, 850). Já no dia 19 de setembro, o Rotary Club vai realizar uma live com palestra do ICI sobre o Setembro Dourado e o câncer infanto-juvenil a partir das 10h. Ainda durante o mês de setembro será lançada a nova edição do Leilão da Coragem (https://www.leilaodacoragem.com.br/), em parceria com a Pestana Leilões. Interessados poderão fazer doações de bens, serviços e produtos para ajudar a causa.
Comentários CORRIGIR TEXTO