Porto Alegre, quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Dia da Indústria Gráfica.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 24/06/2020. Alterada em 24/06 às 03h00min

Diagnóstico clínico passa a compor dados sobre coronavírus

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, disse ontem, durante uma audiência pública da comissão mista do Congresso Nacional, que acompanha as ações relacionadas à covid-19, que o diagnóstico clínico passará a compor a base de dados de casos de coronavírus. De acordo com Pazuello, a iniciativa fará com que os gestores possam compreender melhor a evolução da doença, sem depender apenas da confirmação dos testes laboratoriais. "Vamos gradativamente chegando com transparência e objetividade aos números de contaminados e positivados, tanto por diagnóstico clínico quanto por diagnóstico por teste", afirmou.

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, disse ontem, durante uma audiência pública da comissão mista do Congresso Nacional, que acompanha as ações relacionadas à covid-19, que o diagnóstico clínico passará a compor a base de dados de casos de coronavírus. De acordo com Pazuello, a iniciativa fará com que os gestores possam compreender melhor a evolução da doença, sem depender apenas da confirmação dos testes laboratoriais. "Vamos gradativamente chegando com transparência e objetividade aos números de contaminados e positivados, tanto por diagnóstico clínico quanto por diagnóstico por teste", afirmou.

Conforme o ministro interino, uma nova orientação para testagem em massa e diagnóstico já foi pactuada com estados e municípios e será apresentada hoje em coletiva de imprensa. "Ela prevê que o diagnóstico clínico é soberano, os nossos médicos têm capacidade e direito de diagnosticar o paciente para dar o protocolo de tratamento", disse, explicando que o novo documento vai responder dúvidas sobre critérios de distribuição e público-alvo para testagem de acordo com o tipo de teste.

Pazuello afirmou ainda que a transparência de dados "será infinita" e apresentou aos parlamentares o painel interativo de casos de covid-19, o SUS Analítico, que, segundo ele, passará a se chamar Localiza SUS. A ferramenta permite a aplicação de filtros por estados, municípios, região metropolitana e interior e, segundo o ministro interino, permite que os gestores observem e comparem as curvas de contaminação e definam as ações de acordo com cada caso. "O Brasil não pode ser visto simplificadamente, tem que ser visto regionalmente, pelos seus estados e municípios", disse.

De acordo com a plataforma, o Brasil tem 1,106 milhão de casos confirmados de covid-19 e 51.271 óbitos registrados pela doença.

Comentários