Porto Alegre, domingo, 21 de junho de 2020.
Dia do Mídia.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 21 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Religião

Alterada em 21/06 às 11h48min

Arquidiocese de Porto Alegre determina o fechamento de igrejas

As secretarias paroquiais seguem abertas para atendimento, tomando os cuidados sanitários

As secretarias paroquiais seguem abertas para atendimento, tomando os cuidados sanitários


FREDY VIEIRA/JC
A Arquidiocese de Porto Alegre, por meio do arcebispo metropolitano Dom Jaime Spengler, determinou o fechamento das igrejas em seu território a partir de segunda-feira (22). Com isso, não serão realizadas missas e outras atividades religiosas públicas. A medida leva em conta a classificação de bandeira vermelha em Porto Alegre no modelo de distanciamento controlado, anunciada pelo governador Eduardo Leite no final da tarde de sábado (21). 
A Arquidiocese de Porto Alegre, por meio do arcebispo metropolitano Dom Jaime Spengler, determinou o fechamento das igrejas em seu território a partir de segunda-feira (22). Com isso, não serão realizadas missas e outras atividades religiosas públicas. A medida leva em conta a classificação de bandeira vermelha em Porto Alegre no modelo de distanciamento controlado, anunciada pelo governador Eduardo Leite no final da tarde de sábado (21). 
Segundo a nota divulgada pela Arquidiocese, as secretarias paroquiais permanecem abertas para atendimento, tomando todas os cuidados sanitários e de higiene devidos. O fechamento das igrejas ficará em vigor até que ocorra nova determinação liberando o funcionamento das mesmas.
Comentários