Porto Alegre, segunda-feira, 22 de junho de 2020.
Dia do Aeroviário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 22 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Clima

Notícia da edição impressa de 22/06/2020. Alterada em 21/06 às 20h10min

Estado deve ter inverno com frio menos intenso e chuva mais presente

Primeiro domingo da estação foi de temperaturas altas em Porto Alegre

Primeiro domingo da estação foi de temperaturas altas em Porto Alegre


maria ana krack - pmpa/divulgação/jc
O inverno, que iniciou oficialmente às 18h44min de sábado, não deverá ser rigoroso no Rio Grande do Sul. Ao contrário. Conforme boletim da MetSul Meteorologia, espera-se a ocorrência de dias frios, mas a estação será de temperaturas acima da média no Estado.
O inverno, que iniciou oficialmente às 18h44min de sábado, não deverá ser rigoroso no Rio Grande do Sul. Ao contrário. Conforme boletim da MetSul Meteorologia, espera-se a ocorrência de dias frios, mas a estação será de temperaturas acima da média no Estado.
Os primeiros dias da estação mais fria do ano serão agradáveis, com os termômetros marcando temperaturas amenas e até altas para o período. "Mesmo durante o inverno, são normais dias com calor em qualquer mês da estação, especialmente durante agosto e setembro, e 2020 não fugirá à regra. Já no seu começo, o inverno terá dias de temperatura acima da média para o fim de junho", afirma a MetSul.
Outra notícia boa é a manutenção de períodos mais chuvosos - principalmente na Metade Sul gaúcha - o que deve dar um alívio para as regiões que vêm sofrendo com a estiagem. No entanto, a precipitação deverá ser irregular, ficando acima da média em algumas regiões, e abaixo da média em outras entre junho e agosto.
Ainda conforme a empresa, há um aumento da probabilidade de queda de granizo em agosto, setembro e durante a primavera. "Há ainda uma maior propensão para episódios de vento muito intenso e destrutivos, seja por tornados ou vendavais", informa o boletim, esclarecendo que isso não significa que os temporais fiquem mais frequentes, mas sim que, quando ocorrerem, possam ser mais severos.
Comentários