Porto Alegre, segunda-feira, 25 de maio de 2020.
Dia da Indústria e dia do Aniversário do Jornal do Comércio.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 25 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Justiça

Alterada em 25/05 às 12h42min

OAB-RS pede reabertura dos trabalhos da Justiça no Estado ao CNJ

Fóruns estão fechados desde 19 de março, e somente processos eletrônicos estão funcionando

Fóruns estão fechados desde 19 de março, e somente processos eletrônicos estão funcionando


CNJ/DIVULGAÇÃO/JC
A secção gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS) está buscando a retomada dos trabalhos do Judiciário no Estado, paralisados desde 19 de março devido à pandemia de Covid-19. Na noite de domingo, a OAB-RS protocolou um pedido de providências junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) busca que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) possa se adequar às medidas de distanciamento controlado adotadas pelo governo do Estado, a fim de permitir a reabertura dos fóruns, conforme a realidade de cada município.
A secção gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS) está buscando a retomada dos trabalhos do Judiciário no Estado, paralisados desde 19 de março devido à pandemia de Covid-19. Na noite de domingo, a OAB-RS protocolou um pedido de providências junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) busca que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) possa se adequar às medidas de distanciamento controlado adotadas pelo governo do Estado, a fim de permitir a reabertura dos fóruns, conforme a realidade de cada município.
O pedido foi feito devido à publicação da Portaria nº 79 de 22 de maio de 2020, que prorroga para o dia 14 de junho de 2020 os prazos de vigência das resoluções do CNJ que determinam o fechamento dos fóruns. Apenas os processos eletrônicos podem seguir em andamento. No entanto, no Estado, apenas as Justiças do Trabalho e Federal operam de forma 100% eletrônica. “Ao contrário de outros estados, na Justiça gaúcha, dos mais de 3 milhões de processos existentes, cerca de 80% são físicos e não estão tendo andamento”, explica o presidente da OAB-RS, Ricardo Breier.
De acordo com Breier, seria importante que o CNJ permita que, no Rio Grande do Sul, a Justiça volte a operar, ao menos inicialmente com o atendimento interno. “Dessa forma vários processos já teriam andamento. Nossa realidade é que a segurança pública não parou, o comércio e indústria já retornaram, mas os fóruns seguem fechados”, destaca.
Breier espera que haja uma resposta do CNJ ainda nesta semana. Caso o pedido seja negado, a OAB-RS deve levar a demanda ao Supremo Tribunal Federal (STF).
Comentários