Porto Alegre, quarta-feira, 20 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 20 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 20/05/2020. Alterada em 19/05 às 20h58min

Com 1.179 mortes, Brasil tem pior dia na pandemia

Outras 2.277 mortes em razão de causas respiratórias seguem em investigação

Outras 2.277 mortes em razão de causas respiratórias seguem em investigação


/Camila Surian/Arte/JC
A terça-feira marcou o pior dia da pandemia do novo coronavírus no Brasil até agora. Conforme o Ministério da Saúde, foram 1.179 novas mortes registradas nas 24h entre a segunda e a terça-feira. O total de vítimas fatais já chega a 17.971.
A terça-feira marcou o pior dia da pandemia do novo coronavírus no Brasil até agora. Conforme o Ministério da Saúde, foram 1.179 novas mortes registradas nas 24h entre a segunda e a terça-feira. O total de vítimas fatais já chega a 17.971.
Com uma mortalidade de 8,6 pessoas a cada 100 mil habitantes e letalidade de 6,6%, a doença segue em escalada no País. Foram 17.408 novos casos confirmados em 24 horas. O total de contaminados é de 271.628.
O Rio Grande do Sul registrou ontem nove novas mortes em razão do novo coronavírus. Assim, o total de vítimas fatais no Estado é de 160. Foram notificados 51 casos entre a segunda-feira e a terça-feira. Outros três registros que já haviam sido computados foram excluídos após revisão. Já são 3.798 pessoas com contágio confirmado pelo vírus no território gaúcho.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/19/206x137/1_evolucao_brasil-9059941.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ec472168252c', 'cd_midia':9059941, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/19/evolucao_brasil-9059941.jpg', 'ds_midia': 'Evolução da Covid-19 no Brasil', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Evolução da Covid-19 no Brasil', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '678', 'align': 'Left'}
As novas mortes no Estado foram registradas em Canoas (mulher, 72 anos, e homem, 75 anos), Caxias do Sul (homem, 74 anos), Gravataí (mulher, 68 anos), Ibirapuitã (mulher, 39 anos), Montenegro (mulher, 76 anos), Passo Fundo (homem, 63 anos), Porto Alegre (homem, 57 anos) e Sapucaia do Sul (homem, 68 anos).
De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS), são 2.369 pessoas recuperadas da doença no Estado (62,4% do total de infectados). Além disso, outras 1.269 (33,4%) seguem em tratamento ou recuperação.
Comentários