Porto Alegre, terça-feira, 19 de maio de 2020.
Dia Nacional da Defensoria Pública.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 19 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 19/05/2020. Alterada em 18/05 às 20h59min

Covid-19: Brasil registra 250 mil casos e chega a 16,7 mil mortes

Outras 2.277 mortes em razão de causas respiratórias seguem em investigação

Outras 2.277 mortes em razão de causas respiratórias seguem em investigação


Camila Surian/Arte/JC
A atualização dos números da pandemia do novo coronavírus no Brasil divulgada ontem pelo Ministério da Saúde mostra que o País ultrapassou a marca de 250 mil casos da doença. Conforme a pasta, já são ao menos 254.220 pessoas infectadas. O número de óbitos causados pela Covid-19 chegou a 16.792, com a adição de 674 novas mortes nesta segunda-feira.
A atualização dos números da pandemia do novo coronavírus no Brasil divulgada ontem pelo Ministério da Saúde mostra que o País ultrapassou a marca de 250 mil casos da doença. Conforme a pasta, já são ao menos 254.220 pessoas infectadas. O número de óbitos causados pela Covid-19 chegou a 16.792, com a adição de 674 novas mortes nesta segunda-feira.
O ministério ainda aponta que outras 2.277 mortes em razão de causas respiratórias seguem em investigação. A letalidade da doença no País é de 6,6%.
Com os novos registros, o Brasil ultrapassou o Reino Unido em número total de casos confirmados e se tornou o 3º país no mundo com mais ocorrências acumuladas da doença, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. Até 19h30min desta segunda-feira, o Reino Unido somava 247.706 casos. No final de semana, o Brasil já tinha ultrapassado a Itália e a Espanha nesse ranking.
De acordo com o levantamento, o Brasil também é o 6º na lista de países com mais mortes pelo novo coronavírus, ficando atrás apenas de Estados Unidos (89.874), Reino Unido (34.876), Itália (32.007), Espanha (28.111) e França (27.709).
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/18/206x137/1_evolucao_brasil-9059297.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ec320a9d0e10', 'cd_midia':9059297, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/18/evolucao_brasil-9059297.jpg', 'ds_midia': 'Evolução da Covid-19 no Brasil', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Evolução da Covid-19 no Brasil', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '716', 'align': 'Left'}
São Paulo segue como o estado mais afetado pela pandemia, registrando 63.066 casos e 4.823 mortes. Na sequência, vem o Rio de Janeiro (26.665 casos e 2.852 mortes) e o Ceará (26.363 casos e 1.748 óbitos).
No Rio Grande do Sul, o número de casos confirmados foi para 3.750. Já são 151 vítimas fatais da Covid-19 no Estado. A doença está presente em 225 municípios gaúchos. Com 24 mortes cada, Porto Alegre e Passo Fundo são as cidades mais afetadas. A letalidade da pandemia entre os gaúchos é de 4%.
Comentários