Porto Alegre, segunda-feira, 18 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 18 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 18/05/2020. Alterada em 17/05 às 21h01min

Brasil chega a 16,1 mil mortes por Covid-19

No Rio Grande do Sul, doença já vitimou 144 pessoas

No Rio Grande do Sul, doença já vitimou 144 pessoas


/Camila Surian/Arte/JC
O Brasil teve 485 novas mortes registradas neste domingo em razão do novo coronavírus. Assim, o total de óbitos caudados pela pandemia no País saltou para 16.118. Os números do fim semana têm sido menores dos que os do meio da semana na medida em que há redução no número de pessoas trabalhando nos Estados na atualização dos registros.
O Brasil teve 485 novas mortes registradas neste domingo em razão do novo coronavírus. Assim, o total de óbitos caudados pela pandemia no País saltou para 16.118. Os números do fim semana têm sido menores dos que os do meio da semana na medida em que há redução no número de pessoas trabalhando nos Estados na atualização dos registros.
O total de casos confirmados no País chegou a 241.080 – 7.938 casos a mais do que no sábado. Outras 2.450 mortes causados por doença respiratória seguem em investigação para que se descubram as causas. A letalidade da doença no País é de 6,6%.
O Rio Grande do Sul teve confirmadas seis novas mortes neste domingo em razão da Covid-19. Tratam-se de moradores dos municípios de Lajeado (mulher, 90 anos), Santa Maria (mulher, 36 anos), Venâncio Aires (mulher, 90 anos), Canoas (mulher, 90 anos), Passo Fundo (mulher, 89 anos) e Trindade do Sul (mulher, 70 anos). No total, já são 144 mortes causadas pela pandemia em território gaúcho. O número de casos confirmados da doença chegou a 3.735. O novo coronavírus já está presente em 224 cidades - 45% do Estado.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/17/206x137/1_evolucao_rs-9058349.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ec1cf48d4344', 'cd_midia':9058349, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/05/17/evolucao_rs-9058349.jpg', 'ds_midia': 'Evolução da Covid-19 no Rio Grande do Sul', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Evolução da Covid-19 no Rio Grande do Sul', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '713', 'align': 'Left'}
Com o óbito de ontem, Passou Fundo, novamente, ultrapassou Porto Alegre e é a cidade com mais vítimas fatais no Estado, com 22 falecimentos. A Capital tem 21 mortes, enquanto Lajeado tem 15 e Bento Gonçalves, seis.
Conforme a Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS), já são 2.174 pessoas recuperadas da doença no Rio Grande do Sul. 1.417 seguem em recuperação em casa ou em tratamento em hospital. A letalidade é de 3,9%.
Comentários