Porto Alegre, sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Dia do Assistente Social.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

ENSINO

14/05/2020 - 16h31min. Alterada em 15/05 às 08h12min

Retomada das aulas no RS priorizará ensino à distância e limitará o presencial

Para viabilizar  as aulas, Estado conta com R$ 5,4 milhões da AL para fornecer pacote de dados aos alunos

Para viabilizar as aulas, Estado conta com R$ 5,4 milhões da AL para fornecer pacote de dados aos alunos


FREEPIK.COM/DIVULGAÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Previsto para ser anunciado nos próximos dias, o retorno às aulas nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul deverá, em um primeiro momento, priorizar o ensino à distância. Segundo o governador Eduardo Leite, a ideia é liberar alguns níveis de atividade presencial, para permitir melhor higienização dos locais de ensino e reduzir a possibilidade de contágio da Covid-19.
Previsto para ser anunciado nos próximos dias, o retorno às aulas nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul deverá, em um primeiro momento, priorizar o ensino à distância. Segundo o governador Eduardo Leite, a ideia é liberar alguns níveis de atividade presencial, para permitir melhor higienização dos locais de ensino e reduzir a possibilidade de contágio da Covid-19.
Durante pronunciamento via live, na tarde desta quinta-fera (14), o chefe do Executivo destacou que os protocolos que orientarão a retomada gradual das atividades serão rígidos e avaliados permanentemente, para evitar riscos à população."Se não houver condições mínimas de segurança não vamos colocar tanta gente em risco no nosso Estado", enfatizou.
Para avançar nesse sentido, o governador sinalizou algumas medidas que podem vir a ser implementadas, entre elas a divisão das turmas para permitir maior distanciamento nas salas e redução dos horários das aulas para garantir menor circulação de pessoas e facilitar a higienização dos locais. "Protocolos rígidos estão sendo elaborados, de forma a reduzir a possibilidade de contágio e, por isso, devemos programar um retorno com prioridade do ensino a distância, mas com algum nível de participação presencial para manter vínculos e oportunidades de entrosamento, mas de forma regrada e regulada", disse Leite.
O governador também comentou que esses protocolos a serem considerados levarão em conta situações como as das famílias com pessoas do grupo de risco, que estariam mais suscetíveis à contaminação do novo coronavírus a partir da volta dos filhos às aulas presenciais.
Para viabilizar a ampliação das aulas a distância o governo gaúcho conta com apoio da Assembleia Legislativa, que liberou R$5,4 milhões para que o Estado adquira, por meio da Secretaria de Educação, um pacote de dados de internet, que será disponibilizado aos alunos para acesso às atividades remotas via telefone celular. O repasse será feito ao longo de 12 meses e o pacote de dados permitirá acesso  exclusivo ao conteúdo educacional. "É uma forma de viabilizarmos as condições para o ensino a distância aos alunos", completou Leite.
De acordo com o Sindicato do Ensino Privado (Sinepe), a reabertura das instituições de ensino estará condicionada à execução dos protocolos, à bandeira de classificação do distanciamento controlado e à decisão das prefeituras, não cabendo à entidade decidir sobre a reabertura das escolas e universidades. “As instituições de ensino que estiverem localizadas em municípios com autorização para reabrir e com condições de atender aos protocolos estabelecidos, terão autonomia para definir sobre a reabertura”, salienta o presidente do Sinepe, Bruno Eizerik.
Comentários