Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 17h09min, 12/05/2020. Atualizada em 18h44min, 12/05/2020.

Governo amplia testagem para Covid-19 e disponibiliza 135 mil exames rápidos no RS

Testes para anticorpos da Covid-19 atingirá gaúchos de diferentes categorias e faixas etárias

Testes para anticorpos da Covid-19 atingirá gaúchos de diferentes categorias e faixas etárias


MOHD RASFAN/AFP/JC
Fernanda Crancio
Seguindo o que já havia anunciado na semana passada, o governo estadual ampliou os grupos de gaúchos a serem testados para a Covid-19, atingindo diferentes categorias e faixas etárias. Nesta terça-feira (12), 135 mil testes rápido oriundos do Ministério da Saúde serão remetidos às prefeituras, na terceira remessa de testagem fornecida pelo Estado, totalizando cerca de 250 mil amostras.
Seguindo o que já havia anunciado na semana passada, o governo estadual ampliou os grupos de gaúchos a serem testados para a Covid-19, atingindo diferentes categorias e faixas etárias. Nesta terça-feira (12), 135 mil testes rápido oriundos do Ministério da Saúde serão remetidos às prefeituras, na terceira remessa de testagem fornecida pelo Estado, totalizando cerca de 250 mil amostras.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Na primeira remessa de testes disponibilizados foram mais de 25 mil testagens liberadas. Já na segunda etapa, cerca de 82 mil. Com a ampliação do público a ser testado serão incluídos pessoas acima de 50 anos, portadores de síndromes respiratórias agudas graves e que estejam internados, trabalhadores da área da saúde, profissionais do transporte público, do transporte de cargas e das unidades sentinela de saúde, acompanhantes domiciliares de pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus, população privada de liberdade e cidadãos das regiões que apresentam surtos localizados em indústrias e lares que abrigam idosos, como Passo Fundo e Lajeado.
Nesses casos, os testes (26,2 mil) serão entregues às coordenadorias regionais de saúde, para ajudar no gerenciamento e aplicação naqueles municípios mais atingidos por casos de Covid-19. Os demais 109,4 mil testes rápidos para detecção de anticorpos do novo coronavírus serão encaminhados às prefeituras.
De acordo com o governador Eduardo Leite, a ampliação da capacidade de testagem permite ao Estado ter uma visão mais clara da disseminação da doença no Rio Grande do Sul. "A política de testagem é muito importante, nossos critérios de testagem sempre foram cientificamente estruturados, para que tenhamos uma visão correta do comportamento do vírus", disse. Nesse sentido, Leite lembrou ainda que nesta quarta-feira (13) serão apresentados os resultados da última etapa de testes realizada pela Universidade Federal de Pelotas (UFpel).
Dentro da política de enfrentamento à Covid-19, o governo gaúcho disponibilizou também mais de 11 mil cestas básicas às populações mais vulneráveis, como indígenas, quilombolas,comunidades LGBT e povos de comunidades religiosas de matrizes africanas. Serão cerca de 280 toneladas de alimentos distribuídas para 300 cidades gaúchas, com investimento de R$ 1,3 milhão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos e do Fundo de Defesa do Consumidor. A primeira carga de cestas básicas, cera de 2 mil, será destinada aos municípios de Osório e Tenente Portela.
Comentários CORRIGIR TEXTO