Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estradas

- Publicada em 18h45min, 23/02/2020. Atualizada em 19h38min, 23/02/2020.

Mais de 160 mil veículos devem voltar a Porto Alegre até quarta

CCR ViaSul recomenda dias e horários para fugir de congestionamentos na freeway e BR-101

CCR ViaSul recomenda dias e horários para fugir de congestionamentos na freeway e BR-101


CCR VIASUL/DIVULGAÇÃO/JC
Quem deixou Porto Alegre e Região Metropolitana para passar o feriadão do Carnaval vai voltar. Por isso, a concessionária da BR-290 (freeway) e BR-101, a CCR ViaSul faz alerta para que os motoristas programem o retorno e se preparem para a lentidão.
Quem deixou Porto Alegre e Região Metropolitana para passar o feriadão do Carnaval vai voltar. Por isso, a concessionária da BR-290 (freeway) e BR-101, a CCR ViaSul faz alerta para que os motoristas programem o retorno e se preparem para a lentidão.
Até quarta-feira (26), a previsão é que mais de 160 mil veículos retornem vindos de Santa Catarina e do Litoral Norte gaúcho. 
Nesta segunda-feira (24), são esperados 40 mil veículos. Na terça-feira (25), outros 60 mil devem tomar as estradas. Para quarta, restarão 60 mil. 
Do total, 82 mil veículos devem cruzar pela praça de pedágio em Três Cachoeiras, ponto que começou a ser  cobrado em 9 deste mês. O maior tráfego será na quarta, de 33 mil carros.
CCR ViaSul e Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgaram nota com a orientação para que os motoristas comecem o deslocamento de retorno antes das 16h desta segunda até as 10h de terça ou após as 16h da quarta-feira de cinzas.
Nessa sexta (21), a freeway recebeu 70 mil veículos em direção ao litoral. No sábado (22), foram 80,9 mil. A concessionária não registrou acidentes graves nas duas rodovias. Foram pequenos incidentes, que não causaram maiores impactos ao tráfego.
No retorno, deve ser liberado o acostamento para o tráfego entre os quilômetros 1,5, em Osório, e 75, em Gravataí. A sinalização será feita por meio de painéis com piscantes, placas indicativas dispostas ao longo do trecho e painéis de mensagem variável móveis (PMVs), avisando da liberação, para veículos leves. A velocidade no acostamento é de até 70 km/h.
Comentários CORRIGIR TEXTO