Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de fevereiro de 2020.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

04/02/2020 - 18h09min. Alterada em 04/02 às 18h47min

Coronavírus: Rio Grande do Sul tem 4 dos 13 casos suspeitos de coronavírus no Brasil

No mundo, 20.471 ocorreram na China e 159 em outros países

No mundo, 20.471 ocorreram na China e 159 em outros países


ARTE/FOTO GOVERNO CHINÊS/DIVULGAÇÃO/JC
Balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (4) aponta que caiu de 14 para 13 o número de casos de suspeita de infecção pelo novo coronavírus identificado na China. Não há registros confirmados até o momento.
Balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (4) aponta que caiu de 14 para 13 o número de casos de suspeita de infecção pelo novo coronavírus identificado na China. Não há registros confirmados até o momento.
Já o número de casos descartados passou de 13 para 16 casos. Os dados correspondem a informações enviadas por secretarias de saúde até as 12h.
> Acesse tudo sobre o coronavírus, o que é, contágio, prevenção e situação pelo mundo e no Brasil
Do total de casos em investigação, seis foram registrados em São Paulo, quatro no Rio Grande do Sul, dois em Santa Catarina e um no Rio de Janeiro.
O governo declarou nesta terça-feira emergência em saúde pública por causa do novo corona vírus. A medida visa facilitar o retorno de brasileiros que vivem em Wuhan, epicentro da epidemia, e permitir a adoção de outras medidas para organizar a rede de saúde diante de possíveis casos.
"Não temos nenhum caso confirmado no Brasil. Mas dado o cenário internacional, entendemos que tínhamos que dar celeridade aos processos", afirma o secretário de vigilância em saúde, Wanderson Oliveira, sobre a declaração de emergência.
No mundo, dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que já foram confirmados 20.630 casos de infecção pelo vírus n-cov-2019. Desses, 20.471 ocorreram na China e 159 em outros países.
Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia