Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 14h04min, 23/01/2020. Atualizada em 14h05min, 23/01/2020.

OMS discute nesta quinta-feira emergência global por coronavírus

Caso ocorra, será a sexta vez que a entidade aciona a medida

Caso ocorra, será a sexta vez que a entidade aciona a medida


Ministério da Aviação Civil da China/AFP/JC
O comitê de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS) está reunido nesta quinta-feira (23) para decidir se declara ou não emergência de saúde pública de interesse internacional por causa do surto de pneumonia na China provocado por um novo coronavírus. Caso ocorra, será a sexta vez que a entidade aciona a medida, que se baseia no Regulamento Sanitário Internacional (RSI) de 2005.
O comitê de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS) está reunido nesta quinta-feira (23) para decidir se declara ou não emergência de saúde pública de interesse internacional por causa do surto de pneumonia na China provocado por um novo coronavírus. Caso ocorra, será a sexta vez que a entidade aciona a medida, que se baseia no Regulamento Sanitário Internacional (RSI) de 2005.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Segundo a OMS, é declarada emergência de saúde pública de interesse internacional quando um evento com implicações para a saúde pública ocorre de maneira inesperada e supera as fronteiras do país inicialmente afetado, demandando uma ação internacional imediata.

Alerta mundial

Governos de países como Reino Unido, Austrália, Rússia, Cingapura e Turquia adotaram medidas em aeroportos e regiões de fronteira para identificar casos suspeitos de coronavírus.
As medidas incluem a criação de zonas especiais exclusivas para passageiros vindos da China, o uso de câmeras térmicas para identificar pessoas com alta temperatura corporal e, até mesmo, o fechamento de fronteiras.
No Brasil, um caso suspeito foi notificado nesta quarta-feira (22) pela Secretaria da Saúde de Minas Gerais, mas negado em seguida pelo Ministério da Saúde.
De acordo com a Organização Panamericana da Saúde (OPAS), braço da OMS nas Américas, os coronavírus (CoV) são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV).
Os sinais e sintomas da pneumonia indeterminada são principalmente febre, dor, dificuldade em respirar em alguns pacientes e infiltrado pulmonar bilateral.
Comentários CORRIGIR TEXTO