Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Ensino Superior

Alterada em 17/01 às 11h20min

MEC diz que 143,7 mil participantes 'zeraram' em redação no Enem

Notas no exame dão acesso às vagas em universidades federais e a programas como o ProUni e Fies

Notas no exame dão acesso às vagas em universidades federais e a programas como o ProUni e Fies


JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (17) que 53 participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 obtiveram nota máxima na prova de redação, enquanto outros 143.736 zeraram a avaliação. As notas individuais do exame foram disponibilizadas nesta sexta no portal do Enem (enem.inep.gov.br). A nota média das redações ficou em 592,9.
O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (17) que 53 participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 obtiveram nota máxima na prova de redação, enquanto outros 143.736 zeraram a avaliação. As notas individuais do exame foram disponibilizadas nesta sexta no portal do Enem (enem.inep.gov.br). A nota média das redações ficou em 592,9.
Também foram anunciadas as médias gerais de desempenho nas quatro áreas de conhecimento exigidas na prova. Em Matemática e suas tecnologias, a média geral foi de 523,1 pontos. Na área de linguagens, códigos e suas tecnologias, 520,9. Em Ciências Humanas e suas tecnologias, 508. A média em Ciências da Natureza foi 477,8.
As notas no exame dão acesso às vagas em universidades federais e a programas como o ProUni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Financiamento Estudantil).
A pontuação também pode ser usada nos processos seletivos de instituições de educação superior de Portugal. O Inep tem acordo interinstitucional com 47 universidades portuguesas. Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas.
Os três principais programas do MEC com relação ao ensino superior, e que preveem o uso do Enem, já estão com os cronogramas definidos. Confira:
Sisu (Sistema de Seleção Unificada)
Sistema que concentra as vagas de instituições públicas de ensino superior oferecidas a candidatos participantes do Enem
Inscrições: 21/1 a 24/1
1ª chamada: 28/1
Site: www.sisu.mec.gov.br
ProUni (Programa Universidade Para Todos)
Permite a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas
Inscrições: 28/1 a 31/1
1ª chamada: 4/2
site: siteprouni.mec.gov.br
Fies (Financiamento Estudantil)
O governo financia cursos em instituições privadas
Inscrições: 5/2 a 12/2
1ª chamada: 26/2
Site: fiesselecaoaluno.mec.gov.br
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia