Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de novembro de 2019.
Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

população

28/11/2019 - 11h23min. Alterada em 28/11 às 11h23min

Expectativa de vida do brasileiro atinge 76,3 anos, aponta IBGE

Primeiros dados da Tábua Completa de Mortalidade 2018 foram antecipados no Diário Oficial da União

Primeiros dados da Tábua Completa de Mortalidade 2018 foram antecipados no Diário Oficial da União


CLAITON DORNELLES /JC
A expectativa de vida do brasileiro ao nascer subiu para 76 anos, três meses e 19 dias em 2018, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (28) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
A expectativa de vida do brasileiro ao nascer subiu para 76 anos, três meses e 19 dias em 2018, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (28) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
Em 2017, a expectativa de vida era de 76 anos - três meses a menos do aferido em 2018 pelo instituto. Os primeiros dados da "Tábua Completa de Mortalidade" 2018 foram antecipados em publicação no Diário Oficial da União (DOU) que circula nesta quinta-feira (28).
Os dados da tábua, porém, mostram projeções diferentes da expectativa média de vida em relação aos anos já vividos. Um exemplo: quem tinha 18 anos em 2018 deve viver mais 59,8 anos, patamar bem maior do que os 76,3 anos. Pessoas que atingiram os 60 anos no ano passado poderão viver até os 82,6 anos.
A expectativa de vida média do brasileiro vem aumentando década a década. Em 1940, o brasileiro vivia, em média, 45,5 anos. Nos anos de 1960, a expectativa de vida subiu para 52,5 anos. Em 1980, o índice foi de 62,5 e, no ano de 2000, a expectativa de vida saltou para 69,8 anos.
Segundo a projeção do próprio IBGE para 2018, com base nos dados do Censo de 2010, até o ano passado, 0,12% da população era formada por homens com 90 anos ou mais, enquanto esse percentual era de 0,24% da população para mulheres com 90 anos ou mais.
Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia