Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de novembro de 2019.
Dia do Supermercado. Dia Internacional da Qualidade.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança Pública

12/11/2019 - 08h50min. Alterada em 12/11 às 10h27min

Homicídios caem 25,4% de janeiro a outubro no Rio Grande do Sul

Forças policiais apontaram 1.490 casos nos dez primeiros meses do ano

Forças policiais apontaram 1.490 casos nos dez primeiros meses do ano


POLÍCIA CIVIL/DIVULGAÇÃO/JC
Os homicídios tiveram queda de 25,4% no Rio Grande do Sul entre janeiro e outubro este ano. Dados divulgados pela Secretaria Estadual da Segurança Pública aponta que foram 1.490 registros, ante 1.997 dos dez primeiros meses de 2018. 
Os homicídios tiveram queda de 25,4% no Rio Grande do Sul entre janeiro e outubro este ano. Dados divulgados pela Secretaria Estadual da Segurança Pública aponta que foram 1.490 registros, ante 1.997 dos dez primeiros meses de 2018. 
A pasta indicou que a redução significa que uma 1,6 morte deixasse de ocorrer por dia, fazendo a relação entre o número absoluto de 330 homicídios a menos no período. É o menor número de mortes desde 2009, quando foram registrados 1.466 casos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Na nota com os dados, a pasta indica que o recuo é efeito da estratégia de focar o combate a crimes nos 18 municípios que concentram os índices mais elevados de criminalidade, com 71% das mortes violentas nos últimos 10 anos. Com isso, indica a secretaria, o impacto é verificado no saldo geral de mortes. 
Outro crimes destaco que tem redução é o de roubo de veículos, que teve queda de 32% de janeiro a outubro. Foram 4,4 mil ocorrências a menos neste período frente aos dez primeiros meses de 2018. Foi o maior recuo percentual da série histórica, afirma o relatório divulgado.
Segundo o levantamento, 9.461 motoristas tiveram carros, motos, ônibus e caminhões levados por assaltante, ante 13.916 de 2018. Somete em outubro a queda foi de 41,8% nos casos, passando de 1.369 roubos em outubro de 2018 para 797 no mês passado.
Metade dos roubos de veículos registrados ocorreu em Porto Alegre. Foram 3.085 ocorrências a menos na comparação com 2018. De 7.195 casos no ano passado, o crime passou a 4.110 registros neste ano, redução de 42,9%.
O total de feminicídios caiu de 93 no ano passado para 82, uma baixa de 11,8%. As tentativas de assassinato de mulheres em razão do gênero caíram 4,7%, de 301 para 287. O mesmo percentual de retração foi registrado entre as lesões corporais, que passaram de 17.657 para 16.828. Os estupros diminuíram de 1.496 para 1.351 (-9,7%) e as ameaças, de 31.325 para 30.729 (-1,9%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia