Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Direitos Humanos

- Publicada em 02h03min, 11/11/2019. Atualizada em 03h00min, 11/11/2019.

Cachoeirinha terá abrigo para mulheres vítimas de violência

A prefeitura de Cachoeirinha abriu processo licitatório para a contratação de empresa que prestará serviços de abrigamento de mulheres em situação de violência, incluindo estrutura física e operacional. A disputa será através do pregão presencial nº 050/2019 e acontece no dia 13 de novembro, às 10h. O edital está disponível através do site www.cachoeirinha.rs.gov.br. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3041-7126.
A prefeitura de Cachoeirinha abriu processo licitatório para a contratação de empresa que prestará serviços de abrigamento de mulheres em situação de violência, incluindo estrutura física e operacional. A disputa será através do pregão presencial nº 050/2019 e acontece no dia 13 de novembro, às 10h. O edital está disponível através do site www.cachoeirinha.rs.gov.br. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3041-7126.
O serviço a ser prestado tem como público-alvo mulheres, acompanhadas ou não de seus filhos, em situação de risco de morte ou ameaças em razão da violência doméstica e familiar, causadora de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral. O atendimento funcionará 24 horas, e a equipe deverá ser composta por um coordenador, um assistente social, um psicólogo, educadores sociais e monitores.
Comentários CORRIGIR TEXTO