Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de outubro de 2019.
Dia do Funcionário Público. Dia de São Judas Tadeu.

Jornal do Comércio

Geral

CORRIGIR

Saúde

Alterada em 28/10 às 03h00min

Trabalhadores ligados ao Imesf dão ultimato a Marchezan

Os trabalhadores vinculados ao Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) de Porto Alegre, representados por Sindisaúde-RS, Simers, Sergs, Soergs e Sindacs, decidiram, em assembleia, dar um ultimato ao prefeito Nelson Marchezan Júnior antes de entrarem em greve geral por tempo indeterminado.
Os trabalhadores vinculados ao Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) de Porto Alegre, representados por Sindisaúde-RS, Simers, Sergs, Soergs e Sindacs, decidiram, em assembleia, dar um ultimato ao prefeito Nelson Marchezan Júnior antes de entrarem em greve geral por tempo indeterminado.
Os funcionários esperam que o governo municipal se reúna com as categorias até 31 de outubro. Se o encontro não ocorrer, deverão paralisar suas atividades de forma "generalizada e por tempo indeterminado". Ao menos 1.840 trabalhadores do Imesf deverão ser demitidos em razão de uma decisão do Supremo Tribunal Federal que considerou inconstitucional a lei que criou o instituto.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia