Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de outubro de 2019.
Dia do Contato Publicitário.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

defesa

Alterada em 21/10 às 22h12min

Caça da Marinha sofre acidente durante decolagem em São Pedro da Aldeia

Um caça naval AF-1 da Marinha brasileira sofreu um acidente na manhã desta segunda-feira (21), em São Pedro da Aldeia (Região dos Lagos fluminense). O único ocupante era o piloto, que não se feriu.
Um caça naval AF-1 da Marinha brasileira sofreu um acidente na manhã desta segunda-feira (21), em São Pedro da Aldeia (Região dos Lagos fluminense). O único ocupante era o piloto, que não se feriu.
Segundo nota da Marinha, a aeronave do 1º Esquadrão de Interceptação e Ataque, "durante procedimento de decolagem na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, por volta das 7h, teve uma avaria e excedeu a pista de pouso".
Imagens que circulam pelas redes sociais mostram o avião fora da pista e com a parte frontal (o "nariz") no chão, com possível avaria no trem de pouso dianteiro.
A Marinha informou que "iniciou investigação da ocorrência aeronáutica, que em 180 dias deverá apresentar os resultados", ou seja, deverá indicar a causa do acidente.
Os caças AF-1 em serviço no Brasil foram comprados em 1997 da Força Aérea do Kuwait para operarem embarcados no porta-aviões São Paulo, já desativado. A unidade acidentada sofreu uma modernização e operava nessa nova versão desde setembro de 2018.
 
Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia