Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 08h30min, 24/09/2019. Atualizada em 15h59min, 24/09/2019.

GHC apela a parlamentares para concluir Centro Oncológico

Deputados federais e senador visitaram ontem o canteiro de obras

Deputados federais e senador visitaram ontem o canteiro de obras


BRUNO DE BARROS/GHC/DIVULGAÇÃO/JC
Isabella Sander
A direção do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) está apostando no contato com senadores e deputados federais gaúchos para conseguir concluir a construção do seu novo Centro de Hematologia e Oncologia. Ontem, sete integrantes da bancada gaúcha e representantes de outros quatro visitaram a obra e, hoje, os três diretores do grupo se reunirão em Brasília com os parlamentares.
A direção do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) está apostando no contato com senadores e deputados federais gaúchos para conseguir concluir a construção do seu novo Centro de Hematologia e Oncologia. Ontem, sete integrantes da bancada gaúcha e representantes de outros quatro visitaram a obra e, hoje, os três diretores do grupo se reunirão em Brasília com os parlamentares.
A expectativa do GHC é obter emendas da bancada no valor de R$ 40 milhões para concluir a parte estrutural do prédio, além de emendas individuais dos parlamentares para pagar ao menos uma parte dos R$ 30 milhões necessários para equipar o novo espaço. Como o grupo é administrado pela União, as obras em seus hospitais só podem ser pagas pelo Ministério da Saúde ou por emendas da bancada federal. O Ministério da Saúde já informou que não ampliará os recursos para investimento da instituição, então a esperança da diretoria está no Legislativo.
Notícias sobre saúde são importantes para você?
Até o momento, foram empenhados R$ 39,5 milhões na obra, que está 21,45% concluída. O valor permite que o cronograma seja mantido até fevereiro, segundo o diretor administrativo do GHC, Cláudio Oliveira. "O recurso que temos garante que a obra siga o cronograma e tenha uma execução tranquila, mas no ano que vem precisaremos de dinheiro, então estamos desde abril em contato com a bancada gaúcha", ressalta. A previsão de conclusão do prédio é dezembro de 2020.
A visita ao canteiro de obras teve a participação dos deputados federais Bohn Gass (PT), Carlos Gomes (PRB), Giovani Cherini (PL), Henrique Fontana (PT), Jerônimo Goergen (PP) e Pedro Westphalen (PP), do senador Luis Carlos Heinze (PP) e de representantes dos senadores Lasier Martins (PDT) e Paulo Paim (PT) e dos deputados federais Maria do Rosário (PT) e Nereu Crispim (PSL). Os parlamentares não confirmaram destinação do recurso, mas Bohn Gass, Cherini, Fontana e Westphalen acenaram com a intenção de repassar parte de suas emendas individuais para a instituição. A bancada gaúcha tem até o final de outubro para definir onde aplicará a verba.
O novo edifício, na esquina da avenida Francisco Trein com a rua Umbu, na Zona Norte, terá sete andares e uma área de 14.380,70 metros quadrados. O prédio reunirá, no mesmo local, as unidades de diagnóstico (ambulatório e recursos de imagem) e tratamento (radioterapia e internações).
Comentários CORRIGIR TEXTO