Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Rio de Janeiro

- Publicada em 03h05min, 16/09/2019. Atualizada em 03h00min, 16/09/2019.

Hospital incendiado no Rio ainda tem 57 pessoas internadas

Em nota divulgada à imprensa na tarde de ontem, o Hospital Badim informou que está com um total de 57 pacientes internados em unidades hospitalares públicas e privadas do Rio de Janeiro após o incêndio ocorrido na quinta-feira, que provocou 11 mortes. Vinte pacientes foram liberados e já voltaram para casa. Já o número de familiares e colaboradores internados no momento continua o mesmo: 20.
Em nota divulgada à imprensa na tarde de ontem, o Hospital Badim informou que está com um total de 57 pacientes internados em unidades hospitalares públicas e privadas do Rio de Janeiro após o incêndio ocorrido na quinta-feira, que provocou 11 mortes. Vinte pacientes foram liberados e já voltaram para casa. Já o número de familiares e colaboradores internados no momento continua o mesmo: 20.
O estabelecimento, localizado na Zona Norte da capital fluminense, efetuou a transferência dos pacientes ainda durante o incêndio. "A maior parte das pessoas segue internada para a continuidade do tratamento das patologias que motivaram suas admissões no Hospital Badim e não por conta da inalação de fumaça", diz a nota.
O corpo médico visita diariamente todos os pacientes que continuam internados e acompanha a evolução de seus estados de saúde. "Nosso Grupo de Apoio Multiprofissional segue oferecendo atendimento aos familiares dos pacientes", prossegue o boletim. O hospital reafirmou o "profundo agradecimento às incontáveis manifestações de ajuda e solidariedade que temos recebido desde o ocorrido".
Comentários CORRIGIR TEXTO