Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Aviação

12/09/2019 - 10h55min. Alterada em 12/09 às 10h55min

Embraer entrega o primeiro E195-E2 à Azul, operadora que estreará o modelo

Estadão Conteúdo
A Embraer realiza nesta quinta-feira (12) a primeira entrega do avião E195-E2, o maior jato comercial já produzido pela empresa e também o maior das três aeronaves que compõem a nova geração da fabricante, os E-Jets E2. A operadora lançadora do modelo é a Azul, que tem em sua frota outros aviões da Embraer, os E190 e E195.
A Embraer realiza nesta quinta-feira (12) a primeira entrega do avião E195-E2, o maior jato comercial já produzido pela empresa e também o maior das três aeronaves que compõem a nova geração da fabricante, os E-Jets E2. A operadora lançadora do modelo é a Azul, que tem em sua frota outros aviões da Embraer, os E190 e E195.
Com capacidade para até 146 passageiros, o E195-E2 pode transportar mais viajantes do que seu antecessor da primeira geração. Além disso, o novo avião consome 25% menos combustível por assento que o E195.
Assim como o primeiro modelo dos E2 já lançado, o E190-E2, ele também foi certificado por três órgãos regulatórios: a brasileira Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a americana Federal Aviation Administration (FAA) e a europeia European Aviation Safety Agency (EASA).
Ao final do segundo trimestre deste ano, a Embraer tinha 124 pedidos firmes para a aeronave, sendo que 51 são da Azul. Outros 45 foram feitos pela empresa de leasing Aercap, da Irlanda. Há ainda outros três clientes são a americana Aircastle (13 pedidos), a nigeriana Air Peace (10) e a espanhola Binter Canarias (5 pedidos).
No Paris Air Show, a Embraer também anunciou a intenção de compra da KLM Cityhopper para até 35 jatos E195-E2, sendo 15 pedidos firmes com direitos de compra para outras 20 aeronaves do modelo. Essa intenção, que ainda não se reverteu em contrato de compra, soma US$ 2,48 bilhões.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia