Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de setembro de 2019.
Dia da Amazônia.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

infraestrutura

05/09/2019 - 19h13min. Alterada em 05/09 às 21h18min

Prefeitura repassa atrasados a construtora de obra da trincheira da Ceará

Previsão é finalizar a obra, liberando o trânsito na entrada da Capital, até o fim de outubro

Previsão é finalizar a obra, liberando o trânsito na entrada da Capital, até o fim de outubro


CLAITON DORNELLES /JC
A prefeitura de Porto Alegre pagou parte dos atrasados para a construtora que está fazendo a trincheira da avenida Ceará. A previsão é finalizar a obra, liberando o trânsito na entrada da Capital, até o fim de outubro. Foram pagos R$ 425,4 mil com recursos da Caixa Econômica federal, informou a prefeitura. Outros R$ 360 mil deverão ser quitados na próxima semana, até dia 10, com recursos do Banrisul.
A prefeitura de Porto Alegre pagou parte dos atrasados para a construtora que está fazendo a trincheira da avenida Ceará. A previsão é finalizar a obra, liberando o trânsito na entrada da Capital, até o fim de outubro. Foram pagos R$ 425,4 mil com recursos da Caixa Econômica federal, informou a prefeitura. Outros R$ 360 mil deverão ser quitados na próxima semana, até dia 10, com recursos do Banrisul.
Notícias sobre Porto Alegre são importantes para você?
Para a obra da trincheira da Ceará, a prefeitura finaliza um aditivo para complementação do sistema de bombeamento com automação, telemetria e uma bomba adicional, além de telas metálicas de vedação das paredes da trincheira. Esse aditivo não deverá gerar reflexo financeiro, pois serão substituídos serviços que não serão executados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia