Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de setembro de 2019.
Dia da Amazônia.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

05/09/2019 - 10h06min. Alterada em 05/09 às 10h06min

Furacão Dorian volta à categoria 3 e não dá sinal de enfraquecimento

Imagens aéreas mostram escombros nas Bahamas deixados pela passagem do furacão Dorian

Imagens aéreas mostram escombros nas Bahamas deixados pela passagem do furacão Dorian


Erik Villa Rodriguez / US Coast Guard / AFP/ JC
Agência Brasil
O furacão Dorian voltou à categoria 3 e não dá sinal de enfraquecimento. Na noite dessa quarta (4), o Ministério da Saúde das Bahamas, anunciou um balanço de 20 mortos e acrescentou que as buscas nas casas inundadas começaram e que o número de vítimas pode ser superior.
O furacão Dorian voltou à categoria 3 e não dá sinal de enfraquecimento. Na noite dessa quarta (4), o Ministério da Saúde das Bahamas, anunciou um balanço de 20 mortos e acrescentou que as buscas nas casas inundadas começaram e que o número de vítimas pode ser superior.
O Dorian deixou um forte rasto de destruição e devastou parcialmente as Bahamas. O furacão atingiu a costa das ilhas das Bahamas, na América Central, com rajadas de vento que atingiram os 295 quilômetros por hora e deixou a ilha de Grande Bahama, que abriga 50 mil pessoas, 70% debaixo de água.
O rasto de destruição é visível e as Bahamas prestam auxilio às vítimas do Dorian apoiadas pela guarda costeira dos Estados Unidos e da Marinha Real britânica. O furacão já atinge a costa dos Estados Unidos, como conta o jornalista da Antena 1/RTP nos Estados Unidos, João Ricardo de Vasconcelos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia