Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Energia

- Publicada em 10h38min, 29/08/2019. Atualizada em 10h38min, 29/08/2019.

Leilão de PPP de iluminação pública de Porto Alegre tem 8 grupos habilitados

Certame irá definir qual empresa vai gerir todo o parque de iluminação pública pelos próximos 20 anos

Certame irá definir qual empresa vai gerir todo o parque de iluminação pública pelos próximos 20 anos


MARIANA CARLESSO/JC
Começa na manhã desta quinta-feira (8) o Leilão de Parceria Público Privada (PPP) de Iluminação Pública Porto Alegre, na B3, em São Paulo. O certame definirá a empresa vencedora da licitação, que vai gerir todo o parque de iluminação pública de Porto Alegre pelos próximos 20 anos, modernizando em 100% a rede. Oito grupos foram habilitados para a disputa, entre empresas e consórcio.
Começa na manhã desta quinta-feira (8) o Leilão de Parceria Público Privada (PPP) de Iluminação Pública Porto Alegre, na B3, em São Paulo. O certame definirá a empresa vencedora da licitação, que vai gerir todo o parque de iluminação pública de Porto Alegre pelos próximos 20 anos, modernizando em 100% a rede. Oito grupos foram habilitados para a disputa, entre empresas e consórcio.
Vencerá o leilão quem apresentar o maior deságio em relação ao valor máximo de contraprestação, de R$ 741,5 milhões, ao longo de todo o período de concessão.
O BNDES coordenou, em parceria com a Prefeitura de Porto Alegre, o desenvolvimento dos estudos de modelagem da PPP, com o apoio técnico do consórcio liderado pela Houer Modelagem de Projetos Públicos e Privados, juntamente com as empresas RSI Engenharia, Maciel Rocha Advogados e Albino Advogados Associados.
A assinatura do contrato deve ser feita no quarto trimestre deste ano, e os serviços estão previstos para começar no ano que vem. "O edital prevê a troca dos mais de 100 mil pontos de iluminação por lâmpadas de LED, o que vai gerar economia estimada em cerca de 50%", destaca o secretário municipal de Parcerias Estratégicas, Thiago Ribeiro.
Comentários CORRIGIR TEXTO