Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Dia do Economista .

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Serviço

Edição impressa de 13/08/2019. Alterada em 13/08 às 03h00min

Em obras, Delegacia no Palácio da Polícia, em Porto Alegre, fica fechada até outubro

A 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (2ª DPPA) da Capital, no Palácio da Polícia, começou a ser reformada ontem com o objetivo de oferecer um atendimento mais qualificado aos cidadãos. A previsão é de que o trabalho seja concluído em cerca de dois meses. Nesse período, a unidade estará fechada, e os registros de flagrantes devem ser realizados na 3ª DPPA, na rua Comendador Tavares, 381, no bairro Navegantes.
A 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (2ª DPPA) da Capital, no Palácio da Polícia, começou a ser reformada ontem com o objetivo de oferecer um atendimento mais qualificado aos cidadãos. A previsão é de que o trabalho seja concluído em cerca de dois meses. Nesse período, a unidade estará fechada, e os registros de flagrantes devem ser realizados na 3ª DPPA, na rua Comendador Tavares, 381, no bairro Navegantes.
Para garantir o pleno atendimento, a 3ª DPPA recebeu reforço tanto em estrutura quanto em número de servidores, de forma a manter no mesmo local os dois plantões funcionando. Com isso, não haverá prejuízo ao trabalho da Polícia Civil.
Os cidadãos que necessitarem registrar ocorrências podem buscar também a 1ª DP (rua Riachuelo, 613), a 2ª DP (avenida Getúlio Vargas, 1.250), a 10ª DP (rua Jacinto Gomes, 43) e a 17ª DP (avenida Voluntários da Pátria, 1.500). Além disso, a maior parte dos registros pode ser feita por meio da Delegacia On-line, com acesso 24 horas via computador, tablet ou smartphone com conexão de internet.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia