Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de agosto de 2019.
Dia Internacional dos Povos Indígenas.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

ensino superior

Alterada em 09/08 às 11h06min

Ufrgs lança edital para o vestibular 2020; inscrições começam no dia 19

Novidades deste ano são as datas e os horários de aplicação das provas

Novidades deste ano são as datas e os horários de aplicação das provas


MARIANA CARLESSO/JC
A Universidade Federal do Rio Grande do Sul lançou nesta sexta-feira (9) o edital para o concurso vestibular 2020. As novidades deste ano são as datas e os horários de aplicação das provas, que ocorrem em dois finais de semana, em 23, 24 e 30 de novembro e em 1 dezembro. Diferentemente dos anos anteriores, o início das provas será às 15 horas, em todos os dias. O tempo de prova permanece o mesmo, e os candidatos terão 4 horas e 30 minutos para responder as questões de múltipla escolha e a redação.
A Universidade Federal do Rio Grande do Sul lançou nesta sexta-feira (9) o edital para o concurso vestibular 2020. As novidades deste ano são as datas e os horários de aplicação das provas, que ocorrem em dois finais de semana, em 23, 24 e 30 de novembro e em 1 dezembro. Diferentemente dos anos anteriores, o início das provas será às 15 horas, em todos os dias. O tempo de prova permanece o mesmo, e os candidatos terão 4 horas e 30 minutos para responder as questões de múltipla escolha e a redação.
As inscrições custam R$ 145,00 e poderão ser realizadas de 19 de agosto a 16 de setembro, exclusivamente pelo site da universidade. Os candidatos que obtiverem a isenção do valor da inscrição deverão realizar os mesmos passos, apenas não havendo a cobrança do valor.

Confira o calendário de provas:

  • 23/11 - Provas de Física, Literatura e Língua Estrangeira
  • 24/11 - Provas de Língua Portuguesa e Redação
  • 30/11 - Provas de Biologia, Química e Geografia
  • 1/12 - Provas de História e Matemática
As provas serão aplicadas em Porto Alegre, Bento Gonçalves e Imbé/Tramandaí. Este ano, são oferecidas 3.980 vagas em 90 cursos de graduação. Do total de vagas disponibilizadas, 50% são destinadas ao Programa de Ações Afirmativas (cotas), com distribuição de reserva de vagas em oito modalidades (veja lista abaixo).
Aos candidatos sabatistas, que restringem suas atividades aos sábados por motivo religioso, será garantido o horário específico para fazerem as provas nos dias 23 e 30 de novembro. Essa condição deverá ser informada já no formulário de inscrição. Nos dias de prova, os candidatos deverão comparecer junto com os demais e aguardar em isolamento até as 19 horas, quando começam a fazer as provas.
Os candidatos interessados nas vagas do curso de música devem realizar as provas de habilitação específica entre 29 de setembro e 3 de outubro, com etapas apenas em Porto Alegre. Os conteúdos das provas específicas estão disponíveis no site do Instituto de Artes. Esses candidatos devem indicar, no momento de inscrição, um curso alternativo, em caso de não aprovação nessa etapa preliminar. Diferentemente de anos anteriores, os concorrentes dos cursos de Artes Visuais e Teatro não realizam testes específicos.

O candidato que deseja concorrer às vagas reservadas deve fazer uma das opções abaixo:

  • L1 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;
  • L2 – candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena;
  • L3 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar;
  • L4 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena.
  • L9 - candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita e Pessoa com Deficiência;
  • L10 - candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência;
  • L13 - candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar e Pessoa com Deficiência;
  • L14 – candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia