Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Edição impressa de 06/08/2019. Alterada em 06/08 às 03h00min

Ambulatório para pessoas trans abre amanhã no Posto Modelo

O primeiro ambulatório para atendimento de saúde integral de homens e mulheres trans e travestis da prefeitura de Porto Alegre começa a funcionar amanhã, no segundo andar do Centro de Saúde Modelo (rua Jerônimo de Ornellas, 55, bairro Santana). O serviço oferecerá atendimento às quartas-feiras, das 17h30min às 21h30min, para residentes de Porto Alegre.
O primeiro ambulatório para atendimento de saúde integral de homens e mulheres trans e travestis da prefeitura de Porto Alegre começa a funcionar amanhã, no segundo andar do Centro de Saúde Modelo (rua Jerônimo de Ornellas, 55, bairro Santana). O serviço oferecerá atendimento às quartas-feiras, das 17h30min às 21h30min, para residentes de Porto Alegre.
O agendamento das consultas pode ser feito pelo WhatsApp (51) 99938-3572, ou por demanda espontânea. A iniciativa foi bem recebida entre o público-alvo do atendimento. Todas as consultas para agosto foram preenchidas, e o agendamento para setembro já está disponível.
O atendimento será feito por dois médicos residentes e um grupo de residentes multiprofissionais - enfermeiro, assistente social, biomédico, médico sanitarista e farmacêutico. O local disponibilizará consultas, exames, hormonizações, rodas de conversa, acolhimentos e encaminhamentos para atendimento psicoterapêutico e para cirurgia de redesignação de sexo ou adequações corporais do Programa Transdisciplinar de Identidade de Gênero do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Protig).
"A expectativa inicial é oferecer 80 atendimentos mensais, sendo que a primeira consulta terá duração média entre 30 e 40 minutos", explica a assessora técnica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Simone Ávila. A abertura do ambulatório é uma das ações previstas na Política Municipal de Saúde Integral LGBTQI , lançada pela SMS em 28 de junho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia