Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de junho de 2019.
Dia dos Namorados.

Jornal do Comércio

Geral

CORRIGIR

segurança

12/06/2019 - 12h55min. Alterada em 12/06 às 12h55min

Porto Alegre terá ação integrada de órgãos de segurança para a Copa América

Operação foi detalhada durante coletiva na Secretaria de Segurança Pública do Estado

Operação foi detalhada durante coletiva na Secretaria de Segurança Pública do Estado


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Bruna Oliveira
A poucos dias de receber o primeiro jogo da Copa América, no sábado (15), Porto Alegre prepara um grande esquema envolvendo diversas forças de segurança para receber o evento internacional. A operação foi detalhada nesta quarta-feira (12), durante coletiva na Secretaria de Segurança Pública do Estado, com representantes do governo gaúcho, da prefeitura de Porto Alegre e de demais órgãos envolvidos.
Serão cerca de 1,4 mil agentes de segurança atuando em diversas frentes. O número de pessoas por corporação não foi especificado, mas inclui órgãos como Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal. Ações de policiamento ostensivo estão previstas tanto para os locais relacionados à Copa América, entre eles os centros de treinamento do Internacional, do Grêmio e do Sesc, como também nos principais pontos turísticos da Capital.
Serão cinco jogos disputados na Arena do Grêmio. A primeira partida será entre Venezuela e Peru, neste sábado (15). Uma caminhada de torcedores peruanos deve reunir cerca de 300 pessoas, que partirão de praça no bairro Humaitá em direção à Arena.
O jogo de largada da Copa já colocará em prática os esquemas de policiamento e mobilidade urbana. Um dos serviços, até então inédito nos estádios gaúchos e inaugurado na primeira partida, será o uso de tecnologia pelo Instituto-Geral de Perícias (IGP) para a identificação de drogas e de ingressos falsificados. O reconhecimento facial também será utilizado como alternativa para garantir a segurança.
Outra novidade do megaevento em Porto Alegre será a transmissão dos jogos do Brasil em telões instalados no Anfiteatro Pôr-do-Sol (avenida Edvaldo Pereira Paiva s/n), aos moldes das fan fests organizadas durante a Copa do Mundo de 2014. O espaço batizado Arena N° 1 terá entrada gratuita e infraestrutura montada em parceria com a Ambev. Espera-se que cerca de 12 mil pessoas assistam aos jogos no local, que abrigará shows e outras programações. O primeiro jogo do Brasil, na sexta-feira (14), terá show da cantora Iza, em evento que começa às 16h. Nos dias 18 e 22, as apresentações ficam com a dupla Gabriel Farias e Rodrigo e Chimarruts, respectivamente. Outros shows serão divulgados à medida que a seleção brasileira avançar na competição. 
"Não temos dúvida da grande movimentação que a Capital vai ter, e por isso estamos trabalhando de maneira muito integrada para que o evento transcorra na mais absoluta tranquilidade", afirmou o vice-governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior, citando que sediar a Copa América é de grande importância para o turismo e para a economia do Rio Grande do Sul.
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Porto Alegre, Eduardo Cidade, a rede hoteleira da Capital está com 90% de ocupação para o evento. Cidade destacou que há um esforço do poder público para que o Parque Harmonia receba os turistas que não possuem hospedagem. "Estamos pensando em uma estrutura que seja minimamente adequada para oferecer aos torcedores que vierem à Porto Alegre", comentou.
Para comportar o grande fluxo de pessoas, alterações também estão previstas para o trânsito. Agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) estarão no entorno do estádio para orientar sobre bloqueios e nos locais considerados mais críticos, como na região dos hospitais de referência, para amenizar os impactos no trânsito.
Duas linhas especiais de ônibus serão colocas à disposição: Linha 1 - Shopping Iguatemi e Linha 2 - Shopping Praia de Belas. Os itinerários contemplam os shoppings por serem dois pontos onde há grande capacidade de estacionamento, facilitando o deslocamento dos torcedores para outras regiões da cidade.
Entre as ações coordenadas pela Polícia Civil está o Projeto Encontrar, que vai focar nos desaparecidos registrados antes ou depois dos jogos e que tenham possível vinculação à competição. Uma delegacia móvel será instalada próxima da Arena do Grêmio para o registro de ocorrências. Para demais informações, o órgão ainda disponibiliza um número de telefone celular para mensagens de Whastapp e Telegram: (51-984187814).
A força de segurança também contará com apoio da Polícia Rodoviária Federal, que ficará responsável pelas regiões de fronteira do Estado e pelas rodovias federais que dão acesso a Porto Alegre. Serão 240 policiais atuando na operação, 40% deles de fora do Estado, além de 64 viaturas, 50 motocicletas, um helicóptero e um agrupamento canino.
Já o Corpo de Bombeiros estará mobilizado com 22 homens nos dias de jogos, preparados para situações diversas dentro e fora do estádio. Nove viaturas estarão posicionadas no local das partidas com equipes para combate a incêndio, salvamentos em altura, busca em caso de soterramento e ocorrências com produtos perigosos.
A fiscalização do comércio irregular ficará à cargo da Guarda Municipal, que estará presente em área demarcada pela Conmebol, e que envolve as imediações da Arena, do Beira-Rio, da estação Trensurb do Mercado Público e da Rodoviária.
CORRIGIR